Sabesp cai mais de 4% após balanço apontar queda expressiva do lucro no 2º tri

LinkedIn

Investing.com – Em dia marcado por perdas para a maior parte das ações do Ibovespa, a Sabesp (BOV:SBSP3) é um dos destaques negativos do índice, recuando 4,64% a R$ 25,46. A companhia divulgou balanço do segundo trimestre do ano, com a queda no lucro levando a um resultado abaixo do esperado pelo mercado.

Na visão da Mirae Asset, o resultado ficou abaixo do esperado e foi afetado pela inadimplência e pelo impacto da variação cambial no período, sobre a dívida da empresa. Os analistas acreditam em melhora de resultado ao longo dos próximos trimestres. Eles mantém a recomendando de compra, com upside de 33%. A SBSP3 negocia a um múltiplo EV/Ebitda 2018 de 5,0x e de 4,7x para 2019.

A Coinvalores destaca que a Sabesp teve lucro abaixo do esperado. O faturamento e o EBITDA da companhia foram favorecidos neste 2T18 pelo reajuste tarifário aplicado no ano passado, bem como pela alta de 3,1% no volume faturado, em doze meses.

Além disso, o controle de custos e a reversão de uma provisão propiciaram o ganho de margem no período. Entretanto, o lucro líquido recuou 45,2% frente ao 2T17, sobretudo em razão do impacto do câmbio sobre as despesas financeiras.

Apesar dos resultados, a Safra Corretora mantém recomendação neutra para Sabesp, não vendo gatilhos no curto prazo para impulsionar ação após revisão tarifária.

Resultado

A Sabesp teve lucro líquido de R$ 181,9 milhões no segundo trimestre, queda de 45% ante o mesmo período do ano passado, impactado por salto no resultado financeiro negativo do período.

A empresa registrou uma conta de variação cambial e monetária de R$ 770 milhões no segundo trimestre, quase quatro vezes maior que o apurado um ano antes. Com isso, o resultado financeiro negativo da empresa passou de 281 milhões no segundo trimestre de 2017, para R$ 837 milhões nos três meses encerrados em junho deste ano.

A geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado somou R$ 1,383 bilhão entre abril e junho, avanço de 29,8% na comparação anual, em meio a reajustes tarifários e aumento no volume faturado da ordem de 3,1%.

O ganho não foi maior uma vez que a empresa registrou calotes de R$ 45,8 milhões , “principalmente do município de Guarulhos”, comentou a companhia no balanço.

A Sabesp teve receita operacional líquida de 3,67 bilhões no segundo trimestre, uma expansão de 5% na comparação anual. A linha de custos e despesas caiu 1% e a de custos de construção recuou 14,7%.

Com Reuters. 

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.