STJ nega medida cautelar a Bradespar e Litel para suspender pagamento de multa bilionária à Elétron

LinkedIn

A Bradespar (BOV:BRAP4) informou nesta terça-feira (7), que o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) não concedeu medida cautelar para suspender um ordem judicial para que a holding e a Litel depositem cerca de R$ 4,5 bilhões em ação de indenização à Elétron.

O caso diz respeito a uma disputa na qual a Elétron, do empresário Daniel Dantas, demanda uma indenização da Bradespar —braço de investimentos do Bradesco que concentra aplicações nas ações da Vale— e da Litel —que reúne participações de fundos de pensão na mineradora.

Uma decisão de primeira instância da Justiça determinou no final de julho que Bradespar e Litel pagassem à Elétron 4 bilhões de reais, indenização fixada num laudo pericial feito por um juízo arbitral.

A Bradespar disse ainda que “seus assessores jurídicos propuseram os recursos cabíveis junto ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro”. / Fonte: Reuters 

Deixe um comentário