Bom dia, Investidor! 10 de setembro de 2018

LinkedIn

Esse é o Bom Dia, Investidor, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir! 

Pré Market

O mercado financeiro brasileiro volta do fim de semana prolongado tendo pouco ajuste a fazer aos dados robustos de emprego nos Estados Unidos (payroll) e mais atento à escalada da guerra comercial americana com a China, enquanto espera novos números sobre as eleições no país. O Datafolha vai a campo hoje e divulga nova pesquisa à noite, que já deve captar o impacto do ataque a Jair Bolsonaro na última quinta-feira.

A reação do investidor na reta final do pregão antes do feriado na sexta-feira refletiu a percepção de que depois de o candidato da direita conservadora ter sido esfaqueado em uma atividade de campanha na cidade mineira de Juiz de Fora, as candidaturas de esquerda perdem força na disputa presidencial. Mais até do que o bônus que Bolsonaro poderia ganhar.

Afinal, o noticiário em torno do assunto foi tratado exaustivamente pelos meios de comunicação, dando mais tempo de exposição do que os poucos segundos do PSL na campanha em rádio e TV. Toda a situação colocou em evidência o líder nas pesquisas de intenção de voto e a aposta é de que, agora, ele se torne mais competitivo e menos rejeitado – embora tenha continuado apregoando a violência em uma cama de hospital.

Bolsonaro tem conquistado a simpatia dos investidores, em detrimento a Geraldo Alckmin, por causa das ideias liberais de seu provável ministro da Economia, Paulo Guedes. Em contrapartida, o mercado financeiro vê o PT como menos comprometido com o ajuste fiscal e as reformas tidas como necessárias à economia brasileira.

Aliás, o PT tem até amanhã para anunciar seu candidato de fato ou ficar de fora da disputa deste ano, após a impugnação da candidatura do ex-presidente Lula e da rejeição dos recursos apresentados pela defesa. O mercado financeiro ainda observa atentamente o potencial de transferência de votos para o provável substituto na chapa, Fernando Haddad.

Por ora, os mais recentes levantamentos mantêm o cenário de incerteza, com a disputa totalmente em aberto e mostrando mais de um candidato capaz de alçar o segundo turno do pleito. Tampouco pode ser descartada uma definição na primeira rodada, considerando-se apenas os votos válidos.

Por: Olívia Bulla

Destaques corporativos

Gol (GOLL4): Em agosto, a oferta de assentos em voos domésticos da Gol cresceu 2,7%, acima da demanda de 1,8% para o mesmo período. Já a taxa de ocupação doméstica da companhia caiu para 78%, uma redução de 0,8 ponto percentual em relação ao mesmo período do ano anterior. O volume de decolagens reduziu 0,7% e o total de assentos aumentou 3,6% em relação a agosto de 2017.

Suzano (SUZB3): A Suzano e a Fibria receberam uma notificação da autoridade de concorrência turca, aprovando a operação entre as duas empresas, sem restrições, na Turquia.

Telefônica (VIVT4): A Telefônica Brasil anunciou nesta segunda-feira (10) que a sua administração está avaliando a possibilidade de incorporar a Telefônica Data, subsidiária controladora do portal de internet Terra Networks Brasil e a companhia de logística Telefônica Transporte e Logística. Em comunicado, a empresa afirma que a medida visa a simplificação societária e a concentração da prestação de serviços.

NotreDame (GNDI3): A NotreDame Intermédica vai interromper a venda de planos de saúde individuais da GreenLine. Hoje, essa modalidade representa 35% dos 464 mil usuários e mais de 60% da receita da operadora.

Petrobras (PETR4): A conclusão da venda da participação de 50% da Petrobras na PetroÁfrica, empresa que detém ativos de exploração e produção na Nigéria, ainda depende de aprovações nas instâncias superiores da estatal. As informações são do jornal Valor Econômico.

Recomendação de ativos 

Sabesp (SBSP3): A equipe de análise do Credit Suisse elevou a recomendação do papel da Sabesp para neutra, com preço-alvo de R$ 28,50.

Copasa (CSMG3): Para a Copasa, os analistas optaram por elevar a recomendação para compra, com preço-alvo de R$ 49.

Notícias

Minério de ferro: Os contratos futuros do minério de ferro, negociados na bolsa de Dalian, na China, encerraram a jornada desta segunda com queda de 0,70% a 497,50 iuanes por tonelada do produto.

Crescimento Turquia: O crescimento econômico da Turquia desacelerou para 5,2% no segundo trimestre em relação ao ano anterior, mostraram dados divulgados nesta segunda-feira.

Boletim Focus: Os analistas do mercado financeiro reduziram de 1,44% para 1,40% a expectativa de crescimento do PIB, registrando a terceira queda seguida do indicador. Para o IPCA, os analistas optaram por reduzir a estimativa de 4,16% para 4,05%.

Eleições 2018: A primeira pesquisa eleitoral realizada após o atentado sofrido por Jair Bolsonaro, mostra que o candidato do PSL lidera isolado as intenções de voto, com 26%. Na sequência, encontra-se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com 12%; Ciro Gomes (PDT), com 7%; e João Amoêdo (NOVO), Geraldo Alckmin (PSDB), Marina Silve (Rede) e Fernando Haddad (PT), com 3% cada.

Agenda econômica 

CapturadeTela2018-09-10às09.38.55

Deixe um comentário