Coluna do TradingView: Oportunidades e análises da semana

LinkedIn

Colunistas do TradingView trazem seu ponto de vista do mercado financeiro nacional, veja as melhores oportunidades em Petrobras, Dólar e mais:

Kleber Shimabuku 

Petrobras PN – (BOV:PETR4)

PETR4 pelo semanal já mudou o comportamento que havia fazendo e parece ameaçar um novo teste na região dos 21,20 a 22,40, região essa onde o papel deverá encontrar maior pressão vendedora.

Passando dessa resistência o papel só deve voltar a encontrar dificuldades na região dos 25,00. (veja o gráfico dinâmico)

KS-PETR4

Bruno Mazzoni

Cotação Vale ON – (BOV:VALE3)

Segue análise gráfica que estuda possível alvo harmônico para o ativo VALE3.

Não é necessariamente indicação para trade, mas esta ideia pode auxiliar traders a ficarem mias cautelosos com compras na região dos 62 reais.

AB=CD do gráfico diário pode representar conforto para os compradores, e uma realização pode se iniciar a partir de cotações acima de 62.20 / 62.50

BM-VALE3

Renato Maestro

Dólar Comercial – (BMF:DOLH18)

Na sexta-feira o dólar perdeu um suporte importante na faixa dos 4,06. Ainda assim, o ponto mais negociado do dia (o qual chamamos de ponto de controle) foi em 4078. Isso indica que apesar do preço de fechamento violando o suporte, o valor justo do ativo ainda está acima do suporte.

Isso indica um certo conflito entre preço e valor, e mostra a briga entre as grandes instituições para definir o preço do dólar. A queda de braço foi pressionada pelos vendedores, porém o patamar abaixo de 4,06 pode ser considerado barato e atrair mais compradores (e inverter a balança).

Esse é, na minha visão, o cenário mais provável. Caso o mercado sustente os 4,06 como suporte, deve buscar novamente negociar em volta dos 4,13.

A região de 4,06 passa a ser um “divisor de águas”. Acima disso, compra. Abaixo, venda. Caso mantenha-se abaixo de 4,06, vai preencher o gap de volume existente entre 3999 e 4004. Os 4 reais redondos devem se mostrar como um suporte importante, pois abaixo disso abre espaço para o acionamento de stops dos comprados.

Resumindo: 4,06 é o ponto a ser observado. Como o mercado irá reagir na abertura de segunda-feira vai definir a estratégia. Se fosse apostar (coisa que não faço), diria que tem tudo para abrir em 4,08. Ainda assim, mantenho uma estratégia de neutralidade até termos sinais mais fortes para qualquer um dos lados. (veja o gráfico dinâmico)

MA-DOL1

André Guimarães

Banco Inter PN – (BOV:BIDI4)

Apesar da enorme alta que empolgou o mercado – fato que geralmente demanda um maior tempo de correção – não me parece ser o caso dos papéis do Banco Inter. Até acredito que podemos ver uma triangulação e mais alguns dias de “descanso de lado”, mas novos topos de preço já começam a namorar novamente com os papéis…

O mercado vive um bom ano em linhas gerais, se levarmos em consideração o ano eleitoral e incertezas, vive um ótimo ano, mas não acredito que os próximos dias (aproximação de eleições e aumento de incerteza) serão os mais agradáveis da temporada, principalmente para o índice.

Dentro dessa hipótese, papeis mais clássicos “blue chips” devem seguir a tendencia do o índice – com preços mais “amarrados”, eventualmente descartados por grandes investidores (por algum tempo), abrindo uma excelente oportunidade para ações mais novas, com pouca memória de preço e que podem andar com maior força, permitindo maior lucro em menos tempo!

O risco x retorno de BIDI4 (em relação ao resto do mercado) nesse momento me parece bastante atrativo, volume comprador e forte alta podem aparecer sem aviso prévio. (veja o gráfico dinâmico)

AG-BIDI4

Gabriel Fauth

Usiminas PNA – (BOV:USIM5)

USIM5 em tendência de baixa pela Trend Line tracejada e pela nuvem de Ichimoku também. O preço está testando a resistência de 8,5 e se mostrando uma zona de negociação clara, e uma zona de interesse vendedor. Os candles vem respeitando a resistência e ontem tivemos uma rejeição. Abaixo dessa zona dois suportes importantes em 8,10 e 7. O suporte de 7 se mostra o melhor como já foi negociado antes e é zona de interesse comprador.

No caso de rompimento da resistência em meados de 9,2 à 9,5 temos outra área de interesse. No semanal o viés é de baixa também e há muita margem de queda. (veja o gráfico dinâmico)

GF-USIM5

Disclaimer: Análises aqui são apenas estudos. Não são recomendações de investimento, nem de compra nem de venda. Tampouco refletem a opinião do veículo de mídia no qual estão sendo vinculadas. São estudos direcionados a pessoas com conhecimento e experiência no mercado. Se você não tem experiência, não opere. E se tiver experiência, não opere também.

Nossos Autores:

Kleber Shimabuku – Desenvolvedor de sistemas, Trader de ações, opções e futuros. https://shimatrader.com.br

Bruno Mazzoni – Formado em Administração de Empresas na Faculdade de Campinas em 2012, Trader Grafista desde 2015. Sócio Fundador do Portal Violinada Trading. http://www.violinada.com.br/

Renato Maestro – Head Trader especialista em alta performance na Atrium Capital e ajudo pessoas comuns a se tornarem profissionais de sucesso na bolsa de valores.

André Guimarães – É especulador de mercado nacional de Ações e Criptomoedas. Acompanhe suas análises no TradingView.

Gabriel Fauth – Especulador de mercados internacionais, estudante de análise técnica pelo
http://forex360.com.br.

Deixe um comentário