Fed e pesquisas eleitorais

LinkedIn

Atividade econômica

Nos Estados Unidos, o índice de confiança do consumidor (conference board) renovou patamar recorde em setembro. O índice de confiança subiu de 134,7 pontos para 138,4 pontos, enquanto o esperado era de queda para 132,2 pontos. Considerando que os gastos dos consumidores correspondem a aproximadamente 70% da atividade econômica dos Estados Unidos, a alta indica uma atividade econômica bastante saudável e sinaliza as decisões de gastos e poupança. Indivíduos com boas perspectivas futuras da economia estão mais dispostos ao consumo.

 

Mercados acionários

Em Wall Street, as bolsas registram alta, movimento inverso da taxa de juros nos principais países desenvolvidos. As oscilações estão fortemente correlacionadas às expectativas em torno do Fed. A treasury de 10 anos dos Estados Unidos retorna ao patamar de 3,08%, se mantendo acima dos 3,0% pelo sétimo dia consecutivo:

No mercado de divisas, o dólar recupera perdas recentes, registrando alta em relação ao euro e os seus principais pares. Contudo o real tem um movimento de apreciação, reagindo às pesquisas eleitorais. A pesquisa do Paraná Pesquisas mostrou Jair Bolsonaro com 31,2% das intenções de voto e Fernando Haddad com 20,2%. O Ibovespa registra uma alta de 0,4%, impulsionado pelas ações de empresas bancárias e industriais.

Expectativas dos agentes

Indubitavelmente, o foco dos mercados será a decisão sobre o Fed Funds às 15h e a coletiva do FOMC às 15h30. O presidente do Federal Reserve sinalizou que, enquanto a renda e a criação de empregos continuar forte, uma abordagem com política monetária contracionista será mais adequada. Este sinal deve reforçar a expectativa do mercado para mais um aumento na taxa de juros neste ano (em dezembro), e mais altas em 2019.

No cenário doméstico, o mercado ainda aguarda uma nova pesquisa eleitoral às 14h, desta vez do Ibope nacional, encomendada pela CNI.

Deixe um comentário