NotreDame vai interromper venda de planos individuais da Greenline

LinkedIn

A NotreDame Intermédica (BOV:GNDI3anunciou na última quinta-feira (6), que vai interromper a venda de planos de saúde individuais da GreenLine. Hoje, essa modalidade representa 35% dos 464 mil usuários e mais de 60% da receita da operadora, cuja aquisição foi anunciada na quarta-feira (5), por R$ 1,2 bilhão.

De acordo com o presidente da NotreDame Intermédica, Irlau Machado, a companhia está analisando a criação de um plano específico para idosos, tendo em vista a experiência da Prevent Sênior.

Além da aquisição da GreenLine, a NotreDame pretende continuar fazendo aquisições de operadoras de planos de saúde concorrentes. Atualmente, a NotreDame possui capacidade para adquirir três operadoras de pequeno porte, por ano.

Com relação à aquisição da GreenLine, Machado acredita que não haverá problemas junto ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). “Temos 17% de market share. Acredito que não teremos dificuldades com o Cade”, disse o executivo.

Segundo o jornal Valor Econômico, o Citibank foi o banco escolhido para conceder recursos de R$ 900 milhões para pagar a aquisição da GreenLine.

*Atualização 17/09/2018 

Em nota, a NotreDame Intermédica esclareceu que a informação veiculada pelo jornal Valor Econômico e replicada no Jornal ADVFN não procede. Confira:

“Esclarecemos que não procede a informação de que o Grupo NotreDame Intermédica não irá mais comercializar planos individuais da GreenLine.

Primeiramente, cabe esclarecer que na semana passada anunciamos somente a assinatura do acordo de intenção de compra da Greenline, cuja conclusão depende das requeridas aprovações regulatórias, conforme amplamente divulgado na ocasião. Nesta condição, toda a operação e gestão da Greenline permanece com a mesma equipe que vem tocando a empresa ao longo dos últimos anos, sem nenhuma interferência do GNDI.

Adicionalmente, após a efetiva conclusão da transação, não pretendemos e tampouco mencionamos que o GNDI teria a intenção de não mais comercializar planos individuais da Greenline.  Na verdade, como é de amplo conhecimento, o GNDI é reconhecido como um grupo cujo foco, ao longo das últimas décadas sempre foi voltado para os planos corporativos.  Desta forma, o fato de não esperarmos que os planos individuais sejam foco, não significa que iremos interromper a comercialização destes produtos.

Finalmente, gostaríamos de ressaltar que, em nenhum momento durante a conference call com investidores realizada em 6 de setembro, os executivos do GNDI afirmaram que as vendas de planos individuais seriam suspensas.  

Grupo NotreDame Intermédica (GNDI)”

Deixe um comentário