Dia da Criança: Procon constata diferença de preços de brinquedos de até 184% entre lojas

LinkedIn

Pesquisa comparativa de preços de produtos para o Dia das Crianças do Procon-SP entre os dias 17 e 20 de setembro revela que a maior diferença constatada (184,27%), foi na boneca Baby Alive Super Snacks Adoro Macarrão (loira – ref. C0963) da Hasbro. O maior preço encontrado foi de R$ $ 411,90 (zona Oeste) e o menor, R$ 144,90 (zona Norte), uma diferença de R$ 267,00 em valor absoluto.

Ao todo, foram pesquisados os preços de 110 brinquedos: bicicletas, bonecas/bonecos, jogos, massas de modelar, entre outros, em dez lojas distribuídas pelas cinco regiões da cidade de São Paulo.

Após comparação dos 58 produtos comuns entre as pesquisas realizadas em 2017 e 2018, constatou-se que houve, em média, aumento de 0,32% no preço dos brinquedos. O estabelecimento Fabdré Brinquedos foi o que apresentou a maior quantidade de produtos com menor preço (52 itens dos 103 encontrados).

O Procon divulgou uma lista com o número de itens, por loja, com preços menores ou iguais aos preços médios obtidos:

Norte: BMart – nenhum item dos 40 encontrados (0%) Fabdré – 96 itens de 103 encontrados (93%)

Sul: JC Brinquedos – 30 itens de 79 encontrados (38%) Lojas Americanas – 6 itens de 57 encontrados (11%)

Leste: Armarinhos Fernando – 49 itens de 75 encontrados (65%) Magazine Luiza – 11 itens de 61 encontrados (18%)

Oeste: Extra Anhanguera – 16 itens de 47 encontrados (34%) Walmart – 12 itens de 54 encontrados (22%)

Centro: MP Brinquedos – 49 itens de 99 encontrados (49%) Semaan – 45 itens de 76 encontrados (59%)

O Procon-SP orienta o consumidor a fazer uma criteriosa pesquisa e avaliar não somente o preço, mas também a idade, o interesse e a habilidade da criança e, se possível dar preferência a brinquedos educativos que estimulem a coordenação motora, a inteligência, a afetividade, a criatividade e a socialização. E diz que é importante também verificar se o item traz informações adequadas, claras e em língua portuguesa sobre suas características, qualidades, quantidade, origem, composição, preço e garantia.

Na embalagem deve constar a indicação da idade ou faixa etária, instruções de uso e de montagem, descrição exata dos itens inseridos, identificação do fabricante (nome, CNPJ e endereço) ou importador (caso o brinquedo seja importado), eventuais riscos que possam apresentar à criança e o selo de certificação do Inmetro que indica que o produto foi fabricado e comercializado de acordo com as normas técnicas. O selo deve apresentar a marca do Inmetro e a do organismo de certificação credenciado (IQB, Falcão Bauer, entre outros).

Também é importante avaliar as formas de pagamento, sempre priorizando o pagamento à vista, evitando parcelamentos com juros, os quais futuramente podem pesar no orçamento, lembra o Procon.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.