13º salário: vale a pena investir uma parte?

Google+ LinkedIn

Hábito de investir pode começar com a primeira parcela do 13º salário, a ser paga até 30 de novembro. Especialista do Yubb dá 4 dicas

A primeira parcela do 13º salário, que deve ser paga até 30 de novembro, “cai como uma luva” frente aos gastos previstos para final e início de ano. Contudo, segundo Bernardo Pascowitch, fundador do buscador de investimentos online e gratuito Yubb, é válido aproveitar a renda extra para criar o hábito de investir e realizar objetivos como viajar e trocar de carro ou casa.

“Ao organizar as finanças, é possível juntar as quantias necessárias para realizar sonhos. Muitos brasileiros ainda preferem a poupança, mas há melhores alternativas – algumas com investimento a partir de R$ 1,00. Essa renda extra pode ser usada com educação financeira”, afirma Pascowitch.

O especialista em investimentos dá 4 dicas para quem está em dúvida se vale a pena investir parte do 13º salário:

1) Resgate seus sonhos

“Pense em seus objetivos para os próximos anos. Viajar, trocar de carro, casa e se aposentar com tranquilidade são motivadores para poupar e investir”, indica o fundador do Yubb.

2) Pague suas dívidas

“Investir é uma das principais formas de organizar as finanças. Mas, quitar as dívidas é sempre prioridade, já que os juros dos investimentos não superam os juros das dívidas.”, ressalta Pascowitch.

3) Tenha uma reserva em 2019

“Imprevistos acontecem. Há bons investimentos que permitem o resgate do valor a qualquer momento (liquidez diária), como o Tesouro SELIC, alguns CDBs e robôs de investimento”, exemplifica o especialista.

4) Escolha o investimento

“É importante buscar investimentos com boas rentabilidades e adequados ao seu perfil. Entre tantos bancos e corretoras, isso pode parecer muito complicado. Ferramentas como o Yubb ajudam quem tem pouco tempo ou conhecimento para comparar as melhores opções”, indica Pascowitch.

 

Repórter ADVFN é o canal automatizado de informações da ADVFN Brasil, um dos principais veículos financeiros do país. Contém vídeos exclusivos sobre o dia a dia do mercado financeiro brasileiro, além de artigos inéditos produzidos por canais de comunicação parceiros.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.