Educacionais - Fundos, Suportes e Resistência: até onde poderemos chegar?

LinkedIn

Educacionais – Fundos, Suportes e Resistência: até onde poderemos chegar?

Verificando os Ativos da carteira do Índice IBOVESPA, decidi tentar detectar alguma oportunidade e também que tivesse um viés educacional. Mas, como assim? Oportunidade, leia-se, “fazer algum dinheiro”. Educacional, talvez possamos aprender alguma coisa. Então, convido-os a darmos um passeio por Estácio (BOV:ESTC3) e Kroton (BOV:KROT3). Uma Visão Semanal.

ESTC3 – Gráfico Semanal

Observando esse gráfico podemos perceber que nas últimas semanas o papel vem ensaiando uma subida no seu preço. Ensaiando não, subindo. Algumas variáveis nos ajudam a acreditar, sugerir, que esse papel continuará a subir. Seguem abaixo algumas delas:

– estamos acima da média móvel de 200 dias, forte suporte, atualmente na região de 19,98;

– a formação de fundos duplos indicados pelas setas 1 e 2;

– o respeito a Linha de Tendência de Alta (LTA) que suporta os fundos duplos;

– dentre outros…

Agora, nos deparamos com uma forte resistência. A média móvel de 20 dias, atualmente na região de 24,04. Superada essa etapa, 24,04, poderemos tentar alcançar as regiões de 27,14 e 27,91. Região do primeiro alvo a ser atingido por esse papel. Podemos perceber também, por meio das setas de número 3 a formação de um topo duplo, que sugere queda do preço, o que aconteceu. Por esse motivo, o papel tem essa região como primeiro alvo. Ultrapassada essa região poderemos atingir a região dos 37,00. Mas, a superação dos 28,00 merecerá uma nova Análise.

Porém, caso o preço venha a desconsiderar tudo o que comentei acima, a nossa maior preocupação (perigo real) será a perda da região da média móvel de 200 dias, atualmente, na região de 19,98. Essa perda poderá levar o preço a região de 14,15, início da LTA traçada nesse gráfico.

KROT3 – Gráfico Semanal

Ao contrário de Estácio, a média móvel de 200 dias se encontra exercendo a função de resistência. No caso uma forte resistência. Atualmente na região de 12,93. Então, está nessa região o primeiro Alvo desse papel. As demais variáveis, abaixo citadas, são parecidas com o papel anterior (ESTC3).

– Estamos acima das médias móveis ( de 8 e de 20 dias);

– nesse caso temos fundos triplos, indicados pelas setas 1, 2 e 3;

– a LTA representada também pelas setas 1, 2 e 3;

– dentre outros…

Em que pese tudo isso, poderemos ter a formação de um topo duplo, por conta da resistência oferecida pela média móvel de 200 dias, então atenção.

Pensar em movimentos de alta mais robustos, somente acima da região da média móvel de 200 dias, atualmente na região de 12,93. Superada essa região teremos os seguintes alvos a serem perseguidos pelo papel: 14,65 e 19,06 representados pelas setas de número 4.

Caso a média móvel de 200 dias venha a exercer sua dominância, nesse caso como resistência, precisaremos nos preocupar e muito com a perda da média móvel de 20 dias, atualmente na região de 10,91. Essa perda poderá levar o preço a região de 9,30. (seta 1)

Finalizando, não posso deixar de alertar ao gerenciamento dos riscos de cada operação. Esse gerenciamento além de ser uma boa prática a ser utilizada em nossos investimentos, nos mantém no mercado.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.