Ibovespa avança depois da volatilidade pela manhã

LinkedIn

A bolsa de valores de São Paulo ganha força no começo da tarde desta terça-feira. O cenário político interno, ainda com a escolha dos integrantes do primeiro escalão do governo Jair Bolsonaro, o comportamento dos índices de Wall Street e o desempenho do dólar seguem no radar dos investidores.

De outro lado, a recuperação das commodities também está fazendo preço nas ações de primeira linha no índice Bovespa.

Para completar, a decisão do adiamento para amanhã da votação no Congresso sobre a cessão onerosa da Petrobras promoveu a volatilidade do índice na primeira etapa do pregão de hoje.

Há pouco, o Ibovespa estava em alta de 1,25% aos 86.671 pontos. O volume de negócios seguia para R$5,5 bilhões.

As ações com ganhos

Smiles ON, alta de 3,66%; Magaz. Luiza ON, alta de 3,46%; JBS ON, alta de 2,97%; Localiza ON, alta de 3,41%; e Estacio Part. ON, alta de 2,70%.

As ações com perdas

Suzano Papel ON, queda de 2,85%; ViaVarejo ON, queda de 2,42%; Usiminas PNA, queda de 1,41%; Vale ON, queda de 1,10%; e MRV ON, queda de 0,92%.

Mais negociadas

Petrobras PN, alta de 1,94%; Vale ON, queda de 1,12%;Brasil ON, alta de 1,57%; ItauUnibanco PN, alta de 2,09%; e Cemig PN, estável.

Carteira Teórica

A Carteira Teórica do Índice Bovespa que passou a vigorar de 03 de setembro a 28 de dezembro de 2018 com os cinco ativos que apresentam o maior peso na composição do índice são os mesmos: Vale ON (12,985%), Itauunibanco PN (10,497%), Bradesco PN (7,241%), Ambev S/A ON (6,416%) e Petrobras PN (6,319%).

Commodities

A Petrobras anunciou o preço do litro da gasolina e do diesel para esta terça-feira (27) para as distribuidoras e sem tributos. O preço da gasolina ficou em R$1,5007 o litro. O preço do litro do diesel ficou em R$2,1228.

O petróleo referência, Brent, segue em alta de 0,19% aos US$59,42 o barril negociado na bolsa de Futuros de Londres.

O petróleo WTI segue em alta de 0,56% e cotado aos US$ 51,87 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O minério de ferro negociado no porto de Qingdao, China, ficou em alta de 1,46% aos US$65,19 a tonelada seca e com 62% de pureza.

A celulose fibra longa negociada fechou US$1.199,99,00, alta de 0,05%, a tonelada. A celulose fibra curta fechou a US$1.050,00 a tonelada, estável.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.