Otimismo generalizado, balanços e IPCA

Google+ LinkedIn

IPCA dá sinais de fraqueza. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) apresentou uma variação mensal de 0,45% em outubro ante variação de 0,48% em setembro. O índice acumula alta de 3,81% em 2018, e 4,56% em 12 meses. Em doze meses, a taxa ficou abaixo do consenso do mercado, que previa 4,66%. O item de maior impacto na taxa de 12 meses é a gasolina, e depois a energia elétrica. Nos grupos de despesa, novamente Alimentação e Bebidas (0,15 ponto percentual) e Transportes (0,17 ponto percentual) tiveram maior impacto no índice.

Atividade econômica

Mercados acionários

Dia de otimismo generalizado nos mercados acionários internacionais. O resultado das eleições no Congresso dos Estados Unidos veio em linha com a expectativa dos mercados, surtindo efeitos já esperados. A divisão na Câmara deve limitar o poder dos republicanos, e frustrar a agenda de Donald Trump. Portanto, não deverá ocorrer nenhum corte substancial de impostos ou reformas relevantes nos próximos dois anos. Trump pode adotar medidas mais cautelosas durante o restante do seu mandato, e isso implica em uma fraqueza do dólar. O índice para dólar registra queda de 0,6%. O euro, o iene, o real, a libra esterlina e uma série de moedas estão em momento de apreciação.

No Brasil, a bolsa se alinhou ao sentimento externo. Além disso, os esforços de Bolsonaro em realizar uma reforma ainda em 2018 traz conforto aos investidores. Sem grandes eventos, os agentes se ocupam com os resultados corporativos. Os juros sofrem um alívio, operando com viés de queda.

Expectativas dos agentes

No Brasil, os mercados digerem os resultados corporativos (majoritariamente) positivos de Gerdau, Tim Participações e outros. Após o fechamento, haverá divulgação de uma série de empresas como: CSN, Carrefour, Ultrapar, Cosan e outras.

Entre os indicadores econômicos, atenção aos números da indústria automotiva. A Anfavea divulgará dados de produção e vendas de veículos às 11h30.

Economista pela FEA-USP, mestre pela EESP-FGV, CNPI, tem 30 anos de experiência no mercado financeiro, tendo passado por diversas instituições financeiras, tanto como gestor de investimentos como Economista e Analista. Hoje é economista e analista da NOVA FUTURA CTVM.
http://pepasilveira.blogspot.com.br/

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.