PIB da zona do euro tem ritmo mais lento em 4 anos

LinkedIn

A economia da zona do euro cresceu em seu ritmo mais lento em quatro anos no terceiro trimestre de 2018, enquanto o avanço do número de empregos também diminuiu durante o período, mostraram dados divulgados nesta quarta-feira.

O Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro cresceu 0,2 por cento no período de julho a setembro, informou a agência europeia de estatísticas Eurostat, confirmando a sua estimativa preliminar de 30 de outubro. Esse foi o ritmo de crescimento econômico mais lento desde o segundo trimestre de 2014.

A economia da Alemanha, a maior da zona do euro, contraiu-se 0,2%, a da França foi 0,4% mais forte, enquanto a Itália permaneceu inalterada no trimestre. O Eurostat também confirmou que o PIB cresceu 1,7% na comparação com o mesmo período do ano anterior, o nível mais baixo desde o quarto trimestre de 2014.

O Eurostat também divulgou pela primeira vez estimativas de emprego. Os dados mostraram que o crescimento do emprego diminuiu no terceiro trimestre em relação ao segundo.

O número de pessoas empregadas na zona do euro aumentou 0,2 por cento em relação ao trimestre anterior e avançou 1,3 por cento em relação ao mesmo período do ano passado, em comparação às taxas de 0,4% e 1,5%, respectivamente, registradas no segundo trimestre.

Deixe um comentário