Prejuízo da Terra Santa (TESA3) diminuiu 64,26% no 3º trimestre de 2018

LinkedIn

A companhia Terra Santa anunciou um prejuízo líquido de R$ 23.19 milhões no 3º trimestre de 2018, valor 64,26% menor que o prejuízo líquido de R$ 64.87 milhões apurado no mesmo período do ano anterior.

A receita líquida da companhia aumentou 166,35% de um ano para o outro, passando de R$ 100.55 milhões no 3º trimestre de 2017 para R$ 267.81 milhões no 3º trimestre de 2018.

Os ativos totais da empresa Terra Santa totalizaram R$ 2.29 bilhões no 3º trimestre de 2018, soma 6,23% maior que o saldo de R$ 2.15 bilhões registrado no encerramento do 3º trimestre de 2017. O patrimônio líquido da companhia, por sua vez, apresentou retração de 9,12%, ao compararmos todos os valores contábeis que os seus sócios possuíam no último dia do 3º trimestre de 2018 (R$ 892.67 milhões) com o último dia do 3 trimestre de 2017 (R$ 982.22 milhões).

Todos os resultados apresentados nesta página resultam da consolidação das demonstrações financeiras da companhia Terra Santa (BOV:TESA3) e de todas as suas subsidiárias (empresas controladas, de maneira direta ou indireta, pela companhia), referentes ao 3º trimestre de 2018.

Resultado da Terra Santa nos Últimos 12 Meses

A companhia Terra Santa acumulou um lucro líquido de R$ 22.61 milhões nos últimos doze meses, período entre o 4º trimestre de 2017 e o 3º trimestre de 2018. Esse valor é 207,59% superior ao lucro líquido apurado na soma dos quatro trimestres do ano anterior (R$ 7.35 milhões). Já a receita líquida da companhia aumentou 31,54% entre o acumulado do último ano (R$ 796.32 milhões) e o acumulado dos últimos doze meses (R$ 1.05 bilhões).

Acesse o balanço financeiro completo desta companhia, clicando aqui. Não deixe de conferir também seus indicadores fundamentalistas, clicando aqui.

Conheça a Terra Santa

Terra Santa Agro é uma empresa produtora de commodities agrícolas, com foco na produção de soja, milho e algodão e valorização de terras. Possui 7 unidades de produção estrategicamente localizadas no estado brasileiro do Mato Grosso, por este apresentar condições favoráveis ao agronegócio, totalizando uma área sob gestão de aproximadamente 158,2 mil hectares.

Além disso, possui equipamentos e ativos complementares à sua operação agrícola, a saber: 497 equipamentos agrícolas em uso, sendo 437 próprios, 9 unidades de armazenagem, sendo 5 próprias e 3 algodoeiras próprias.

Usuários ADVFN acompanham, gratuitamente e em tempo real, a cotação de todas as ações negociadas na BM&FBOVESPA através das ferramentas Monitor, Cotação e Gráfico.

Deixe um comentário