Para Itaú BBA, Gol e Latam se beneficiam mais com recuperação judicial da Avianca

LinkedIn

Investing.com – Para o Itaú BBA, o pedido de recuperação judicial da Avianca Brasil, que se tornou público na tarde de ontem, deve trazer um impacto positivo para as ações das companhias do setor. Para os analistas, a Gol (GOLL4e a Latam devem ser mais beneficiadas, uma vez que têm uma considerável sobreposição de rotas com a empresa.

Na sessão de ontem, os papéis da Gol fecharam em alta de 13% e as ações da Latam, negociadas no Chile, valorizaram-se 4,2 %. Já as da Azul (AZUL4) tiveram alta de 6,5%.

Hoje, a Gol avança apenas 0,10%, a R$ 20,83, enquanto os papéis da Azul são negociadas a R$ 33,29, alta de 1,28%. Em Santiago, Latam avança 1,26%.

Atualmente, a Avianca é a quarta maior companhia área do país. O pedido de recuperação judicial foi solicitado devido às ameaças de retomada de aeronaves por credores.

Por isso, a equipe do Itaú BBA também considera o evento positivo para a Azul . “A Avianca Brasil voa com aviões Airbus e também tem A320neos em sua frota. Se a Avianca Brasil não conseguir pagar o leasing dessas aeronaves, nós acreditamos que a Azul poderia eventualmente negociá-los com os locadores – e isso aceleraria o plano de crescimento da empresa”.

Na nota enviada nesta manhã, a equipe do Itaú BBA também cita que, caso a Avianca Brasil interrompa suas operações seus slots seriam redistribuídos entre Latam, Gol e Azul. Procurada na véspera, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) não se manifestou sobre os slots da Avianca.

Com Reuters. 

 

Deixe um comentário