Flex S/A (FLEX3) registrou prejuízo de R$ 3.18 milhões no 3º trimestre de 2018

LinkedIn

A companhia Flex S/A anunciou um prejuízo líquido de R$ 3.18 milhões no 3º trimestre de 2018, resultado bem inferior ao lucro líquido apurado no mesmo período do ano anterior (R$ 1.31 milhões). Já a receita líquida da companhia diminuiu 2,62% de um ano para o outro, passando de R$ 135.91 milhões no 3º trimestre de 2017 para R$ 132.35 milhões no 3º trimestre de 2018.

Os ativos totais da empresa Flex S/A totalizaram R$ 338.92 milhões no 3º trimestre de 2018, soma 20,74% maior que o saldo de R$ 280.7 milhões registrado no encerramento do 3º trimestre de 2017. O patrimônio líquido da companhia, por sua vez, apresentou retração de 10,31%, ao compararmos todos os valores contábeis que os seus sócios possuíam no último dia do 3º trimestre de 2018 (R$ 69.58 milhões) com o último dia do 3º trimestre de 2017 (R$ 77.57 milhões).

Todos os resultados apresentados nesta página resultam da individualização das demonstrações financeiras da companhia Flex S/A (BOV:FLEX3), sem a inclusão dos resultados de suas subsidiárias (empresas controladas, de maneira direta ou indireta, pela companhia), referentes ao 3º trimestre de 2018.

Resultado da Flex nos Últimos 12 Meses

A companhia Flex S/A acumulou um prejuízo líquido de R$ 5.61 milhões nos últimos doze meses, período entre o 3º trimestre de 2017 e o 3º trimestre de 2018. Esse resultado bem inferior ao lucro líquido apurado na soma dos quatro trimestres do ano anterior (R$ 10.01 milhões). Já a receita líquida da companhia aumentou 5,64% entre o acumulado do último ano (R$ 498.03 milhões) e o acumulado dos últimos doze meses (R$ 526.14 milhões).

Acesse o balanço financeiro completo desta companhia, clicando aqui. Não deixe de conferir também seus indicadores fundamentalistas, clicando aqui.

Conheça a Flex

Flex Gestão de Relacionamentos S/A é uma empresa de Relacionamentos Inteligentes para fazer com que cada interação com o “cliente de seus clientes” seja adequada ao perfil de cada um deles, incluindo canais digitais e formas rápidas e eficazes de comunicação. Para viabilizar e qualificar as interações, o uso intenso de tecnologias mais complexas como Inteligência Artificial, Big Data & Analitycs, Bots, Machine Learning, Agentes Virtuais, URAs (Unidade de Resposta Audível) Cognitivas passaram a fazer parte do seu dia a dia, sem deixar de ter nas pessoas o foco da inovação e do atendimento.

Usuários ADVFN acompanham, gratuitamente e em tempo real, a cotação de todas as ações negociadas na BM&FBOVESPA através das ferramentas Monitor, Cotação e Gráfico.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.