Vale opera em alta após aquisição da New Steel por US$ 500 milhões

LinkedIn

Investing.com – No início da sessão desta quarta-feira na bolsa paulista, as ações da Vale (BOV:VALE3) operam com valorização de 1,2% a R$ 51,20, com o mercado recebendo bem a notícia da aquisição da New Steel, empresa especializada no beneficiamento do minério de ferro por US$ 500 milhões.

A companhia é controlada pela Hankoe FIP atuando no desenvolvimento de tecnologias inovadoras de beneficiamento de minério de ferro. A New Steel, disse a maior produtora global de minério de ferro, possui atualmente patentes de processos de concentração a seco (FDMS, na sigla em inglês) em 56 países.

A Coinvalores avalia o negócio como positivo, refletindo positivamente nos ativos da companhia nesta quarta-feira. Os analistas destacam que a operação está sujeita à aprovações regulatórias, com o negócio devendo ser concluído durante o ano de 2019.

“Essa tecnologia apoiará o desenvolvimento das iniciativas de ‘pellet feed’ de alta qualidade da Vale, incluindo o projeto de ‘pellet feed’ 20 Mtpa do Sistema Sudeste”, disse a mineradora brasileira.

A Vale tem focado em vendas de minério de ferro de maior qualidade, apoiada principalmente pelo projeto S11D, no Pará, em meio à forte demanda da China pelo produto menos poluente.

Com uma forte geração de caixa pela venda do seu minério premium, a Vale anunciou na semana passada a compra de fatia majoritária na empresa de mineração Ferrous Resources por cerca de 550 milhões de dólares.

A Vale tem dito que utilizará parte de seus recursos para aquisições de menor porte.

A sessão desta quarta-feira foi marcada pela desvalorização dos contratos futuros do minério de ferro, que são negociados na bolsa de mercadorias de Dalian, na China. O ativo de maior volume financeiro, para o mês de maio do ano quem, registrou no dia perdas de 0,42%, ou 2,00 iuanes, fechando assim a 474,00 iuanes para cada tonelada da commodity.

Por outro lado, em Xangai, a jornada foi marcada por ganhos para os papéis do vergalhão de aço, transacionados na bolsa local de mercadorias. O contrato de maior liquidez, para o mês de maio de 2019, registrou avanço de 11 iuanes, para um total de 3.317 iuanes por tonelada. Já o segundo mais negociado, para janeiro, teve perdas de 15 iuaens, para 3.631 iuanes por tonelada.

Com Reuters. 

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.