Embraer corta previsão de resultado em 2018, estima margem de lucro entre 2% e 5% em 2020

LinkedIn

A Embraer (BOV:EMBR3) reduziu suas projeções de desempenho para 2018, pressionada por queda nas entregas de jatos executivos ante suas expectativas iniciais e estimou que sua margem de lucro antes de juros e impostos vai sair de próximo de zero neste ano para 2 a 5% em 2020, primeiro ano após a formação da aliança com a Boeing.

A companhia reduziu a previsão de entregas de 105 a 125 jatos executivos em 2018 para 91 unidades e manteve a expectativa sobre aviões comerciais em 85 a 95 aeronaves.

Para 2020, a Embraer estimou ainda uma receita líquida de entre 2,5 bilhões e 2,8 bilhões de dólares e um fluxo de caixa livre próximo de zero.

A empresa afirmou que a previsão para 2020 considera a totalidade de suas divisões de jatos executivos e de produtos de defesa, que não foram incluídos na parceria com a Boeing, mas excluem os resultados esperados relativos à participação de 20 por cento da empresa na joint-venture em aviação comercial a ser formada este ano com o grupo norte-americano.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.