Balança Comercial teve superávit de US$ 608 milhões na 3ª semana de Fevereiro de 2019

LinkedIn

Na terceira semana de fevereiro de 2019 (entre os dias 11 e 17), com 5 dias úteis, a balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 608 milhões, resultado de exportações no valor de US$ 3,948 bilhões e importações de US$ 3,340 milhões.

No acumulado de mês, após onze dias úteis, as exportações somam US$ 8,748 bilhões e as importações totalizam US$ 7,135 bilhões, resultando em um superávit comercial de US$ 1,613 bilhões na parcial de fevereiro.

No acumulado do ano, após 33 dias úteis, o país acumula um saldo comercial positivo de US$ 3,805 bilhões, fruto de exportações que totalizam US$ 27,327 bilhões e importações que somam US$ 23,522 bilhões.

Exportações na terceira semana de Fevereiro de 2019

Na terceira semana de fevereiro, as exportações brasileiras totalizaram US$ 3,948 bilhões. Com cinco dias úteis, a média diária exportada pelo Brasil na terceira semana do mês foi de US$ 789,562 milhões. Dentre todos os produtos exportados, os que apresentaram as maiores médias diárias de vendas para o exterior foram: petróleo e derivados (US$ 124 milhões), soja (US$ 96 milhões) e minérios (US$ 82 milhões).

Exportação – Semana 3 Média Diária Composição
Petróleo e derivados  123,699 15,67%
Soja  95,906 12,15%
Minérios  82,006 10,39%
Materiais de transporte  61,491 7,79%
Carnes  61,193 7,75%
Químicos  58,231 7,38%
Metalúrgicos  55,562 7,04%
Papel e celulose  39,633 5,02%
Equipamentos mecânicos  23,137 2,93%
Café  22,653 2,87%
Suco de laranja  17,199 2,18%
Madeiras  12,494 1,58%
Calçados e couro  12,335 1,56%
Açúcar  11,963 1,52%
Elétricos e eletrônicos  11,100 1,41%
Têxteis  9,928 1,26%
Fumo e sucedâneos  7,862 1,00%
Outros  83,169 10,53%
Total  789,562 100,00%

Considerando apenas a classificação por tipos de produtos, chegamos ao seguinte cenário sobre a média diária das exportações brasileiras na terceira semana de fevereiro: produtos básicos responderam por US$ 397 milhões (50% do valor médio diário exportado), produtos manufaturados responderam por US$ 295 milhões (37% do valor médio diário exportado) e produtos semimanufaturados responderam por US$ 98 milhões (12% do valor médio diário exportado). Os valores das tabelas abaixo estão descritos em milhões de dólares.

Exportação – Semana 3 Média Diária Composição
Produtos Básicos 396,916 50,27%
Produtos Manufaturados 294,887 37,35%
Produtos Semimanufaturados 97,647 12,37%
Operações Especiais 0,111 0,01%
Total  789,562 100,00%

A média das exportações da 3ª semana chegou a US$ 789,6 milhões, 1,3% abaixo da média de US$ 800,0 milhões até a 2ª semana, em razão da queda nas exportações de produtos semimanufaturados (-8,7%, de US$ 107,0 milhões para US$ 97,6 milhões, em razão de ouro em formas semimanufaturadas, açúcar de cana em bruto, ferro-ligas, óleo de soja em bruto e zinco em bruto) e manufaturados (-7,7%, de US$ 319,6 milhões para US$ 294,9 milhões, em razão, principalmente, de máquinas e aparelhos para terraplanagem, tubos de ferro fundido, automóveis de passageiros, artigos e aparelhos de prótese ortopédica, motores para veículos automóveis e suas partes). Por outro lado, aumentaram as vendas de produtos básicos (+6,3%, de US$ 373,5 milhões para US$ 396,9 milhões, por conta de petróleo em bruto, farelo de soja, minérios de ferro, minérios de cobre, bovinos vivos).

Importações na terceira semana de Fevereiro de 2019

Os principais tipos de produtos importados pelo Brasil na terceira semana de fevereiro foram: combustíveis e lubrificantes (média diária de US$ 123 milhões ou 18% da média diária total importada), equipamentos elétricos e eletrônicos (média diária de US$ 77 milhões ou 11,5% da média diária total importada) e equipamentos mecânicos (média diária de US$ 69 milhões ou 10% da média diária total importada). Confira abaixo a tabela com os principais produtos importados pelo país na terceira semana do mês. Os valores estão descritos em milhões de dólares.

Importação – Semana 3 Média Diária Composição
Combustíveis / Lubrificantes 123,305 18,46%
Equipamentos elétricos e eletrônicos 76,566 11,46%
Equipamentos mecânicos 68,866 10,31%
Adubos e fertilizantes 49,019 7,34%
Químicos orgânicos / inorgânicos 43,184 6,47%
Veículos automóveis e partes 39,811 5,96%
Plásticos e obras 30,251 4,53%
Farmacêuticos 25,931 3,88%
Instrumentos ótica / precisão / médico 23,019 3,45%
Produtos para industrias químicas 15,719 2,35%
Siderúrgicos 15,534 2,33%
Cereais e produtos de moagem 11,903 1,78%
Borracha e obras 10,540 1,58%
Filamentos e fibras, sintéticas / artificiais 9,753 1,46%
Cobre e suas obras 7,253 1,09%
Peixes e crustáceos 6,507 0,97%
Bebidas e álcool 5,793 0,87%
Alumínio e suas obras 5,693 0,85%
Extratos tanantes / corantes 4,997 0,75%
Papel e obras 3,447 0,52%
Leite e derivados 3,343 0,50%
Aeronaves e peças 1,479 0,22%
Algodão 0,420 0,06%
Outros  85,587 12,81%
TOTAL 667,922 100,00%

No período, o valor total de produtos importados pelo Brasil foi de US$ 3,340 bilhões. Dividindo tal valor ao longo dos cinco dias úteis da semana, obtemos uma média diária de importações de US$ 667,922 milhões.

Com relação média das importações, apontou-se crescimento de 5,6%, sobre igual período comparativo (média da 3ª semana, US$ 667,9 milhões sobre média até a 2ª semana, US$ 632,3 milhões), explicada, principalmente, pelo aumento nos gastos com combustíveis e lubrificantes, adubos e fertilizantes, instrumentos de ótica e precisão, bebidas e álcool, cobre e suas obras.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.