Bom dia, Investidor! 22 de fevereiro de 2019

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor! Com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Destaques corporativos

Petrobras (PETR4): A Petrobras informou que a agência de classificação de risco Standard & Poor’s (S&P) elevou a nota de crédito stand-alone (risco intrínseco) da Petrobras de “bb-“ para “bb”, com perspectiva estável, mantendo o rating global em “BB-“.

Petrobras: O ministro de Minas e Energia, almirante Bento Albuquerque, afirmou em um evento no Rio que o montante a ser pago pela União à Petrobras em uma renegociação do contrato da cessão onerosa deverá ser definido em março. Antes ocorrerá uma reunião do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) para definir o formato da revisão do acordo com a estatal.

Localiza (RENT3): A Localiza teve lucro líquido de R$ 181,4 milhões no 4T18, aumento de 4% ante a mesma etapa de 2017. O Ebitda foi de R$ 449 milhões no 4T18, aumento de 16,2% na comparação com o 4T17. Em 2018, a companhia apresentou um lucro acumulado de R$ 659,2 milhões, representando crescimento de 17% em relação a 2017.

Magazine Luiza (MGLU3): No 4T18, o lucro líquido do Magazine Luiza totalizou R$189,6 milhões com crescimento de 14,5% versus 4T17 (margem líquida de 4,1%) e um ROE de 33% e ROIC de 39%. Em 2018, o lucro líquido atingiu R$597,4 milhões (margem líquida de 3,8%), crescendo 53,6%.

Natura (NATU3): A Natura divulgou seu balanço nesta quinta, após o pregão. A empresa teve lucro líquido consolidado no 4T18 de R$ 381,7 milhões. Esse valor representa alta de 48,7% frente ao lucro de R$ 256,8 milhões no 4T17. Em 2018, o lucro líquido foi de R$ 548,4 milhões. Essa quantia corresponde à queda de 18,2% em relação a 2017, quando ficou em R$ 670 milhões.

Multiplan (MULT3): No 4T18, o lucro líquido da Multiplan apresentou uma redução de 16,5% quando comparado ao 4T17 e somou R$112,7 milhões, por conta, principalmente, da valorização de 29,9% no preço da ação no trimestre e do seu efeito na linha de remuneração baseada em ações.

Grupo Pão de Açúcar (PCAR4): O GPA reportou lucro líquido consolidado de R$ 289 milhões no 4T18. Esse valor corresponde à queda 25% em relação ao 4T17. Já o lucro líquido foi de R$ 414 milhões no 4T18, crescimento de 46,8% ante o mesmo período de 2017. O Ebitda ajustado consolidado subiu 8,4%, para R$ 1 bilhão, com queda de 29,3% na divisão de multivarejo e alta de 35,5% no Assaí.

Recomendação de ativos

Banco do Brasil (BBAS3): A equipe do Bradesco BBI elevou o preço-alvo do Banco do Brasil para R$ 65 e manteve o status de preferida entre os bancos brasileiros.

Via Varejo (VVAR3): A XP Investimentos rebaixou a recomendação da Via Varejo de compra para neutra e cortou o preço-alvo de R$ 7 para R$ 6.

Gol (GOLL4): Para a Gol, o BB Investimentos optou por elevar a recomendação para outperform, com preço-alvo de R$ 33 ao fim do ano.

Notícias

Confiança do consumidor: O Índice de Confiança do Consumidor (ICC), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), recuou 0,5 ponto de janeiro para fevereiro deste ano e chegou a 96,1 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos. Essa foi a primeira queda depois de quatro meses de altas, quando o aumento acumulado chegou a 13,5 pontos.

A queda foi provocada por um recuo na confiança dos consumidores em relação aos próximos meses. O Índice de Expectativas diminuiu 1,7 ponto, para 109 pontos, devido principalmente ao grau de otimismo com a situação financeira das famílias nos próximos meses, que caiu 5,7 pontos.

Commodities

Minério de ferro: Na bolsa chinesa de mercadorias de Dalian, a jornada desta sexta-feira foi marcada pela leve valorização dos preços dos contratos futuros do minério de ferro. O ativo fechou o dia com alta de 0,08% a 618,50 iuanes por tonelada.

Petróleo Brent: O barril do petróleo Brent, com data de vencimento em abril deste ano e negociado no mercado de futuros em Londres, abriu a sessão desta sexta-feira, 22, em alta. A commodity iniciou o dia cotada a US$ 67,16, variando 0,06% quando comparado ao fechamento da sessão anterior.

Câmbio

Dólar: O dólar opera com pouca variação no início dos negócios nesta sexta-feira (22), com a cautela ligada à cena política local, de olho na tramitação da reforma da Previdência no Congresso, e ao exterior. Às 9h, a moeda norte-americana subia 0,09%, vendida a R$ 3,7588. Na quinta-feira (21), o dólar subiu 0,78%, vendida a R$ 3,7623. (G1)

Deixe um comentário