Número de caixas eletrônicos de Bitcoin cresce 100% ao ano

LinkedIn

A adoção das criptomoedas está diretamente ligada com a sua facilidade de uso. O mesmo aconteceu com os cartões de débito e crédito, que passaram a ser populares quando o comércio passou a aceita-los amplamente.

Nesse quesito, as criptos ainda têm um longo caminho para percorrer, mas dados da Coin ATM Radar demonstram que o criptomercado está avançando.

A Coin ATM Radar é um localizador de caixas automáticos de Bitcoin no mundo todo. Os seus dados recentes mostram que os caixas (também chamados de ATM) de Bitcoin têm dobrado a cada ano desde 2016. Ou seja, um aumento de 100% por ano.

O aumento constante das criptomoedas claramente mostra uma adoção global dos ativos digitais, mesmo durante o mercado em baixa. O preço do Bitcoin caiu mais de 80% desde e a sua maior alta (ATH) no final de 2017, porém, o número de ATMs está crescendo todos os dias, com novas surgindo em todo o mundo.

Uma empresa de pesquisas chamada de Datalight também mostrou dados em 2018 sobre a adoção dos caixas eletrônicos no mundo. Segundo sua pesquisa, a cada dia seis ATMs de criptomoedas são instaladas no mundo.

De acordo com o Coin ATM Radar, no dia 12 de fevereiro existiam 4340 ATMs instaladas no mundo todo. Os EUA são os grandes campeões no número de caixas eletrônicos de criptomoedas, com um total de 2438. O Brasil conta com apenas duas, ambas localizadas na Av. Paulista, em São Paulo, uma na FIAP, que trabalha apenas com Bitcoins e outro no Top Center Shopping, que aceita Bitcoin, BCH e Litecoins.

Os especialistas do setor acreditam que o crescimento das instalações de caixas eletrônicos acontece por dois motivos principais. Primeiro porque os usuários podem receber criptomoedas rapidamente, segundo porque essas máquinas são uma das formas mais simples de usar criptomoedas no dia-a-dia.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.