Quarto Boletim Focus de 2019 manteve a aposta que o dólar encerrará o ano cotado a R$ 3,75

LinkedIn

As previsões dos economistas do mercado financeiro brasileiro sobre a variação do dólar comercial em 2019 não foram alteradas na quarta edição do Boletim Focus do ano, divulgada nesta segunda-feira, 28 de Janeiro. De acordo com o relatório do Banco Central (BC), o dólar norte-americano encerrará o ano cotado em R$ 3,75, valor semelhante à projeção divulgada pela autoridade financeira no relatório da semana anterior (R$ 3,75).

Ao longo da quarta semana de 2019, o preço do dólar negociado no Brasil subiu 0,43% ante o real. Foi a segunda semana de valorização da moeda norte-americana no ano, contra outras duas semanas de valorização até o momento.

O dólar encerrou a quarta semana de 2019 negociado a R$ 3,7709 para compra e a R$ 3,7719 para venda (cotação de encerramento do pregão de 24 de janeiro). Dia 25 de janeiro, sexta-feira, que seria o último pregão da quarta semana, não houve pregão. Nos quatro pregões da semana, foram três pregões de alta contra um de baixa.

No mês de janeiro, após apenas dezessete pregões, a moeda norte-americana apresenta uma desvalorização de 2,66%. São sete pregões de baixa contra dez de alta ao longo do mês. No último pregão de dezembro de 2018, o dólar fechou cotado a R$ 3,8742 para compra e a R$ 3,8748 para venda.

Clique aqui e confira a íntegra do Boletim Focus divulgado no dia 28 de Janeiro de 2019.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.