Avon considera venda de operações para a Natura

LinkedIn

Três anos após se dividir em duas empresas distintas, a Avon está considerando um acordo que recomponha a empresa, segundo reportagem do Wall Street Journal, citando uma fonte familiarizada com o assunto.

Em meio aos contínuos esforços para recuperar suas vendas, os diretores da empresa de cosméticos estão cogitando um possível acordo com a rival brasileira Natura (BOV:NATU3). As negociações incluem um cenário no qual a Natura irá adquirir os negócios da Avon na América do Norte, agora uma empresa privada separada, além da Avon, de capital aberto, que opera em outras partes do mundo.

De acordo com o WSJ, a Avon, sob ataque de investidores após anos de queda nas vendas, se separou em 2016. Ela vendeu o controle (80%) de suas operações nos Estados Unidos e Canadá para a Cerberus Capital Management LP, a empresa americana de private equity, para se concentrar em sua operação internacional mais forte. A Cerberus também possui uma participação de 17% na Avon, sediada em Londres, e tem três assentos no Conselho de Administração da popular empresa de cosméticos.

A notícia faz as ações da empresa subirem 7,91% no pré-mercado da Bolsa de Valores de Nova York, a US$ 3,00.

Com O Globo 

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.