Bom dia, Investidor! 14 de março de 2019

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor! Com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Destaques corporativos

Embraer (EMBR3): A Embraer reportou prejuízo líquido de R$ 78,1 milhões no 4T18. No mesmo período do ano anterior, a companhia registrou lucro de R$ 132 milhões. No ano de 2018, a fabricante brasileira de aeronaves acumulou prejuízo de R$ 669 milhões, após ter reportado um lucro de R$ 850,7 milhões em 2017.

Azul (AZUL4): A Azul divulgou nesta quinta-feira, 14, seus resultados do quarto trimestre de 2018. No período, a empresa teve lucro líquido de R$ 138,2, queda de -53,5% em relação ao 4T17, quando lucrou R$ 297,4. Em 2018, o lucro líquido foi de R$ 703,6 milhões, alta de 36,3% em relação ao ano anterior.

Gafisa (GFSA3): O conselho de administração da Gafisa decidiu, por unanimidade, a convocação de assembleia geral extraordinária para deliberar sobre a suspensão dos direitos de acionista do Grupo GWI. A informação consta em fato relevante enviado ao mercado nesta quarta, 13, após o pregão.

Petro Rio (PRIO3): A Petro Rio registrou lucro de R$ 204,9 milhões em 2018, com aumento de 300% na comparação com 2017. A receita líquida também foi destaque, fechando com R$ 848,9 milhões no ano passado, com um aumento de 59% em relação a 2017.

Somos Educação (SEDU3): O banco Morgan Stanley informou, na noite desta quarta-feira (13), que adquiriu uma participação de 14,5% da Somos Educação. No mesmo dia, o fundo Farallon Capital comunicou ao mercado que também comprou 10% da companhia de educação básica.

Braskem (BRKM5): A Braskem divulgou nesta quarta-feira (13), após o pregão, o seu balanço de 2018. No ano de 2018, o lucro líquido foi de R$ 2,8 bilhões, 30% inferior ao resultado obtido no mesmo período do ano anterior. Já no 4T18, a Braskem reportou prejuízo de R$ 179 milhões, contra lucro líquido de R$ 313 milhões no 4T17.

Neoenergia: Em comunicado enviado ao mercado, a elétrica Neoenergia confirmou que iniciará a realização de estudos e a condução de trabalhos preparatórios para relançar sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês).

Recomendação de ativos

Petrobras (PETR4): A equipe do HSBC elevou a recomendação da Petrobras para compra. O preço-alvo também foi revisado, passando de R$ 28 para R$ 32.

Notícias

Produção industrial chinesa: O crescimento da produção industrial da China desacelerou para mínima de 17 anos nos dois primeiros meses do ano e a taxa de desemprego subiu, indicando mais fraqueza na segunda maior economia do mundo que deve provocar mais medidas de suporte por Pequim.

Durante os meses de janeiro e fevereiro, a produção industrial da China cresceu 5,3%, menos do que o esperado e a taxa mais lenta desde o início de 2002. A expectativa era de que o crescimento desacelerasse a 5,5%, de 5,7% em dezembro.

Commodities

Minério de ferro: Nesta quinta-feira, na bolsa de mercadorias da cidade chinesa de Dalian, os contratos futuros do minério de ferro encerram a sessão acumulando importante valorização. O ativo encerrou o dia com alta de 2,70% a 626,50 iuanes por tonelada.

Petróleo Brent: O barril do petróleo Brent, com data de vencimento em abril deste ano e negociado no mercado de futuros em Londres, abriu a sessão desta quinta-feira, 14, em alta. A commodity iniciou o dia cotada a US$ 67,83, variando 0,25% quando comparado ao fechamento da sessão anterior.

Câmbio

Dólar: O dólar opera em alta no início dos negócios desta quinta-feira (14), com a tramitação da reforma da Previdência ainda sob a atenção dos investidores. Às 9h01, a moeda norte-americana subia 0,24%, a R$ 3,8216 na venda Na quarta-feira, o dólar fechou em leve queda, de 0,04%, vendido a R$ 3,8126.

Agenda econômica

CapturadeTela2019-03-14às09.05.23

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.