Bovespa fecha em alta após cinco pregões de queda

LinkedIn

O principal indicador da bolsa paulista, o Ibovespa, fechou em alta nesta terça-feira (26), após terminar o dia no vermelho nos 5 pregões anteriores, em movimento favorecido pela melhora no exterior, com os investidores monitorando ainda as discussões sobre a tramitação da reforma da Previdência.

O Ibovespa subiu 1,76% e encerrou o dia aos 95.306 pontos.

Petrobras teve dia de ganhos, apoiada pela alta dos preços do petróleo no exterior. Nesta terça, a empresa anunciou a decisão de mudar a periodicidade dos reajustes do diesel nas refinarias, que acontecerão agora em intervalos não inferiores a 15 dias.

Vale também subiu, em sessão com dados de produção do último trimestre de 2018, quando a empresa produziu 101 milhões de toneladas de minério de ferro, alta de 8,2% ante o mesmo período do ano anterior. Investidores aguardam o balanço da companhia na quarta-feira. Na véspera, a Justiça da Comarca de Barão de Cocais (MG) bloqueou R$ 2,95 bilhões de recursos da Vale.

Natura ficou entre as maiores altas do dia, após um tombo de 12,2% nos últimos dois pregões depois que a fabricante de cosméticos brasileira informou que negocia um acordo com a Avon.

Deixe um comentário