Influenciado pelo cenário político, Ibovespa recua e fecha a segunda-feira abaixo dos 94 mil pontos

LinkedIn

O principal indicador da bolsa paulista, o Ibovespa, oscila nesta segunda-feira (25), alternando altas e baixas, com os investidores de olho no cenário político local e na tramitação da reforma da Previdência em meio à crise entre o presidente Jair Bolsonaro e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

O Ibovespa recuou 0,19%, a 93.557,87 pontos. O volume financeiro somava R$ 13,67 bilhões.

Para o analista da Coinvalores Felipe Silveira, os mercados seguem no aguardo de mais novidades em relação ao andamento da reforma nas regras de aposentadoria, com tendência de um ruído no curto prazo devido às incertezas quanto ao cenário político.

Dica ADVFN: Invista em mercados com liquidez e com mais alternativas para proteçãoAbra conta na sua primeira corretora de valores nos Estados Unidos

Comentários

  1. Sílvio diz:

    Essa Bovespa é uma piada!!! Quando prenderam o Temer é o Bolsonaro bateu boca com O presidente da câmara o índice caiu 100 mil pontos para 93 mil. Agora o Temer esta livre o presidente disse que reforma é prioridade. Amanhã a Bovespa não passa dos 95 mil pontos. Pura manipulação para os trouxas.

Deixe um comentário