Jornal diz que BTG Pactual comprou a revista Exame; Abril diz que venda depende de plano de recuperação

LinkedIn

O banco de investimentos BTG Pactual (BOV:BPAC11) fechou a compra da revista especializada em economia Exame e de seu site, informou neste domingo (24) o jornal Valor Econômico.

Segundo o jornal, a compra da revista, hoje um dos principais títulos da Editora Abril, em processo de recuperação judicial, faz parte de um acordo firmado entre o empresário Fabio Carvalho, que comprou o controle da editora, e o banqueiro André Esteves, que financiou a aquisição. Carvalho manterá sob seu controle a revista semanal “Veja”, além de outros títulos, informa o Valor.

A revista é um dos títulos de melhor rentabilidade da Abril, ao lado da Veja. Procurado, o BTG Pactual informou que não comentaria a notícia. Já o Grupo Abril divulgou nota em que não confirma o negócio, e afirma que parte da reestruturação da empresa passará pela busca de oportunidades para venda de ativos. E que qualquer venda de ativos dependerá do plano de recuperação judicial e que esse plano terá de ser aprovado pelos credores. A venda dos ativos, segundo a nota, terá de ser feita em leilão judicial sem comprador pré-definido.

Segundo a nota, “Parte da estratégia de restruturação passará pela busca de oportunidades para venda de ativos. Como o Grupo Abril está em recuperação judicial, qualquer venda de ativo será contemplada no plano de recuperação judicial, que ainda esta em processo de revisão e será submetido à aprovação em assembleia de credores. Somente depois desta aprovação, unidades poderão ser vendidas em leilão judicial sem comprador pré-definido.”

Deixe um comentário