Lucro da MRS Logística (MRSA3B, MRSA5B e MRSA6B) cresceu 13,09% em 2018

LinkedIn

A companhia MRS Logística (BOV:MRSA5B) anunciou um lucro líquido de R$ 521.62 milhões em 2018, valor 13,09% superior ao lucro líquido apurado no ano anterior (R$ 461.25 milhões). Já a receita líquida da companhia aumentou 6,69% de um ano para o outro, passando de R$ 3.49 bilhões em 2017 para R$ 3.73 bilhões em 2018.

Os ativos totais da empresa MRS Logística (BOV:MRSA3B) totalizaram R$ 8.02 bilhões em 31 de dezembro de 2018, soma 2,36% maior que o saldo de R$ 7.83 bilhões registrado no encerramento de 2017. Por sua vez, o patrimônio líquido da companhia apresentou aumento de 8,13%, ao compararmos todos os valores contábeis que os seus sócios possuíam no último dia de 2018 (R$ 3.84 bilhões) com o último dia de 2017 (R$ 3.56 bilhões).

Todos estes dados referem-se à individualização do resultado financeiro da companhia MRS Logística (BOV:MRSA3B, BOV:MRSA5B e BOV:MRSA6B), sem considerar o resultado financeiro de suas companhias subsidiárias (empresas controladas, de maneira direta ou indireta, pela companhia) relacionadas ao ano de 2018.

Resultado da MRS Logística no 4º trimestre de 2018

A companhia MRS Logística (BOV:MRSA6B) anunciou um lucro líquido de R$ 144.56 milhões no 4º trimestre de 2018, valor 112,76% superior ao lucro líquido apurado no mesmo período do ano anterior (R$ 67.95 milhões). Já a receita líquida da companhia aumentou 9,81% de um ano para o outro, passando de R$ 903.99 milhões no 4º trimestre de 2017 para R$ 992.66 milhões no 4º trimestre de 2018.

Acesse o balanço financeiro completo desta companhia, clicando aqui. Não deixe de conferir também seus indicadores fundamentalistas, clicando aqui.

Conheça a MRS Logística

MRS é uma operadora logística que administra uma malha ferroviária de 1.643 km nos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, região que concentra cerca da metade do PIB brasileiro. Hoje, a companhia está entre as maiores ferrovias de carga do mundo, com produção quase quatro vezes superior àquela registrada nos anos 1990. Quase 20% de tudo o que o Brasil exporta e um terço de toda a carga transportada por trens no país passam pelos trilhos da MRS.

Sua produção é diversificada, entre as principais cargas que transportamos estão: contêineres, siderúrgicos, cimento, bauxita, agrícolas, coque, carvão e minério de ferro.

A companhia foi criada em 1996, quando o governo transferiu à iniciativa privada a gestão do sistema ferroviário nacional. Sua malha conecta regiões produtoras de commodities minerais e agrícolas e alguns dos principais parques industriais do país aos maiores portos da região Sudeste.

Usuários ADVFN acompanham, gratuitamente e em tempo real, a cotação de todas as ações negociadas na BM&FBOVESPA através das ferramentas Monitor, Cotação e Gráfico.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.