Mercado Asiático: Bolsas chinesas fecham em alta após reunião do FED; EUA vão a Pequim no final do mês

LinkedIn

 

O índice acionário de Xangai fechou em alta nesta quinta-feira, depois que o Federal Reserve adotou uma postura mais expansionista em sua reunião de política monetária.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve variação positiva de 0,04%, enquanto o índice de Xangai subiu 0,35%.

Após dois dias de reuniões, o banco central dos Estados Unidos abandonou na quarta-feira as projeções de qualquer alta de juros este ano em meio a sinais de desaceleração econômica, e anunciou um plano para encerrar seu programa de redução de balanço até setembro.

Enquanto isso, havia preocupações sobre os valores uma vez que os principais índices acionários chineses negociam perto das máximas em nove meses, em meio às persistentes preocupações sobre as negociações comerciais com os Estados Unidos.

O presidente norte-americano, Donald Trump, alertou na quarta-feira que os EUA podem manter as tarifas sobre bens chineses por um “período substancial” para garantir que Pequim cumpra qualquer acordo comercial, ampliando as incertezas sobre as negociações.

China diz que autoridades comerciais dos EUA visitarão Pequim em 28 e 29 de março

Uma delegação dos Estados Unidos chefiada pelo representante de Comércio, Robert Lighthizer, e pelo secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, visitarão a China em 28 e 29 de março para a próxima rodada de negociações, afirmou nesta quinta-feira o Ministério do Comércio da China.

Em troca, o vice-primeiro-ministro Liu He viajará a Washington no início de abril para mais discussões, conforme as duas maiores economias do mundo tentar fechar um acordo comercial para acabar com meses de disputas.

As discussões serão as primeiras desde que o presidente norte-americano, Donald Trump, adiou o prazo de 1 de março para evitar o aumento de tarifas sobre 200 bilhões de dólares em importações chinesas dos atuais 10 por cento para 25 por cento.

Trump alertou na quarta-feira que os EUA podem manter as tarifas sobre bens chineses por um “período substancial” para garantir que Pequim cumpra qualquer acordo comercial, ampliando as incertezas sobre as negociações.

Commodities

Minério de ferro desaba na China após Justiça autorizar Vale a retomar Brucutu com o futuro sendo cotado a 613,50 Iuanes.

Nome Último Variação %
Nikkei 225 (Japão) 21.608,92 +0,20%
Hang Seng (Hong Kong) 29.071,56 -0,85%
SZSE Component (China) 9.800,60 +0,71%
Shangai (China) 3.090,64 +0,35%
Minério de ferro 62% 613,50 -3,69%

Com Reuters

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.