Oi tem prejuízo líquido de R$ 3,3 bilhões no 4º trimestre

LinkedIn

Oi (BOV:OIBR3) teve prejuízo líquido de R$ 3,343 bilhões no 4º trimestre, o que representa um aumento de 48,4% na comparação com um ano antes, segundo balanço divulgado pela companhia na noite de terça-feira (26). O prejuízo também ficou bem acima do registrado no 3º trimestre (R$ 1,335 bilhão).

No ano de 2018, a Oi registrou um lucro líquido de R$ 26,609 bilhões, resultado que foi impactado principalmente pelos ajustes contábeis resultantes da conclusão do processo de recuperação judicial.

Em janeiro de 2019, a companhia concluiu o aumento de capital, conforme previsto no plano de recuperação, reforçando o caixa no montante de R$ 4 bilhões.

A receita líquida somou R$ 5,365 bilhões no 4º trimestre, queda de 7,9% na comparação anual e de 2,1% em relação ao trimestre anterior. No acumulado de 2018, a receita líquida total consolidada foi de R$ 22,06 bilhões, 7,3% menor do que a registrada em 2017.

Ao fim de dezembro, a Oi (BOV:OIBR4) tinha uma dívida bruta consolidada de R$ 16,45 bilhões, uma redução de 69,9% em relação aos R$ 54,62 bilhões devidos um ano antes, graças à reestruturação dos débitos resultante da conclusão do processo de recuperação judicial, homologado em 5 de fevereiro de 2018.

Ainda conforme o balanço, a companhia elevou em 7,5% o investimento em 2018, para R$ 6,112 bilhões de reais, com foco principal na expansão de banda larga de alta velocidade, além da cobertura móvel 4G e 4,5G. Para 2019, a Oi planeja acelerar os desembolsos para R$ 7 bilhões.

Deixe um comentário