Cielo também vai oferecer pagamento instantâneo a lojistas, diz CEO

LinkedIn

O presidente-executivo da Cielo (BOV:CIEL3) afirmou nesta quarta-feira (24) que a adquirente oferecerá aos clientes terminais grátis e pagamentos instantâneos, seguindo as recentes iniciativas de concorrentes como a PagSeguro e a Rede, do Itaú Unibanco.

Paulo Caffarelli disse que os preços cobrados pelos processadores de cartões no Brasil ainda devem cair nos próximos meses, em meio à concorrência acirrada, acrescentando que ainda é cedo para dizer se a empresa atingirá sua meta de lucro anual.

Resultados

Cielo fechou o primeiro trimestre deste ano com lucro líquido ajustado de R$ 548,5 milhões, uma queda de 40,4% ante os R$ 920,5 milhões apresentados um ano antes.

O lucro líquido estimado por cinco analistas consultados (Bradesco BBI, Santander, Guggenheim, UBS e BofaML) pela Bloomberg era de R$ 588,4 milhões.

A receita, por sua vez, ficou praticamente estável, em R$ 2,773 bilhões. Segundo a companhia, o resultado reflete o aumento na captura de volume de 3% e da adequação do patamar de precificação da empresa ao mercado em meio ao aumento da competição no setor. Por outro lado, este efeito foi mitigado pelo maior volume de pagamento em dois dias.

Deixe um comentário