Corretora do Santander tem autorização para importar energia da Argentina e Uruguai

LinkedIn

A Santander Corretora de Seguros, Investimentos e Serviços recebeu autorização do governo para importar energia elétrica da Argentina e do Uruguai, segundo portaria do Ministério de Minas e Energia publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira.

A autorização é válida para o período de janeiro de 2019 a 31 de dezembro de 2022, com a energia importada podendo ser comercializada no mercado spot de eletricidade, ou mercado de curto prazo.

A importação da Argentina deverá ocorrer por meio das estações conversoras de frequência Garabi I e II, com até 2.200 megawatts em potência e respectiva energia associada, e da conversora Uruguaiana, com até 50 megawatts —as instalações ficam na fronteira do Rio Grande do Sul com o país vizinho.

Já a importação do Uruguai deverá ocorrer via estação conversora de Rivera, com até 70 megawatts de potência e energia associada, e da estação conversora Melo, com até 500 megawatts, também na fronteira com o Rio Grande do Sul.

Segundo o ministério, a importação de energia autorizada não deverá afetar a segurança do sistema elétrico brasileiro, o que deverá ser garantido de acordo com critérios do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

Para realizar as importações, a corretora do Santander precisará fechar contratos com geradores na Argentina e no Uruguai e apresentar os acordos à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Deixe um comentário