Cyrela opera com leve alta após divulgação de prévia do 1º trimestre do ano

LinkedIn

No início da tarde desta quarta-feira na bolsa paulista, as ações da Cyrela (BOV:CYRE3) são negociadas com leve alta de 1,21% a R$ 15,84, sendo que mais cedo os papéis chegaram a liderar os ganhos do Ibovespa. A companhia divulgou no final da tarde de terça-feira a prévia operacional do primeiro trimestre do ano.

A companhia lançou 9 empreendimentos no primeiro trimestre, totalizando um volume de R$ 547 milhões, 25,9% superior ao realizado no 1T18 (R$ 434 milhões).

As permutas nos lançamentos foram R$ 18 milhões no 1T19 vs. R$ 12,5 milhões no 1T18. A participação da companhia nos lançamentos do período atingiu 78%, sendo superior à apresentada no 1T18 (60%).

“Ao se excluir as permutas, e tomando como base apenas o %CBR, o volume lançado no 1T19 foi de R$ 409 milhões, 62,2% superior ao mesmo período do ano anterior (R$ 252 milhões no 1T18)”, explicou a Cyrela.

As vendas líquidas contratadas neste trimestre somaram R$ 1.044 milhões, valor 70,3% superior ao registrado no 1T18 (R$ 613 milhões).

A participação da companhia nas vendas contratadas foi de 72% no 1T19 vs. 63% no mesmo período do ano anterior.

“Das vendas líquidas do trimestre, 68% serão reconhecidas via consolidação e 32% via método de equivalência patrimonial. Das vendas líquidas realizadas no trimestre, R$ 275 milhões se refere à venda de estoque pronto (26%), R$ 489 milhões à venda de estoque em construção (47%) e R$ 280 milhões à venda de lançamentos (27%)”, afirmou a empresa.

A Cyrela atingiu uma velocidade de vendas (“VSO”) de lançamentos de 51,2% no trimestre.

“Ao se excluir as permutas e tomando como base apenas o %CBR, o volume vendido atingiu R$ 746 milhões no 1T19, 96,7% superior ao mesmo período do ano anterior (R$ 379 milhões no 1T18)”.

Os dados operacionais resultaram em um indicador de Vendas sobre Oferta (VSO) de 12 meses de 49,6%, ficando acima do VSO 12 meses apresentado no mesmo trimestre do ano anterior (35,2%) e superior ao VSO apresentado no 4T18 (45,1%).

Deixe um comentário