Petrobras ajuda desempenho do Ibovespa; dólar sobe de olho na reforma

LinkedIn

Depois de iniciar o dia em clima de cautela, o Ibovespa ganhou fôlego no fim da manhã e encostou na marca de 95 mil pontos. O bom desempenho do índice reflete principalmente o anúncio do governo federal de que irá investir R$ 2 bilhões em rodovias e liberar um crédito de R$ 30 mil para caminhoneiros autônomos.

Na avaliação de profissionais de mercado, isso sinaliza uma resolução positiva para a crise envolvendo a política de preços da Petrobras, que vinha deixando o mercado tenso desde sexta-feira.

Às 14h05, o Ibovespa subia 1,26%, aos 94.254 pontos, após alcançar o patamar dos 95 mil pontos um pouco antes.

O papel da Petrobras (BOV:PETR3) subia 3,23% e Petrobras (BOV:PETR4) avançava 3,01%, galgando um lugar entre os maiores ganhos do dia na lista de ações que compõe o índice.

Entre as maiores altas estão JBS ON (+9,43%), BRF ON (+7,06%), Marfrig ON (+5,34) e Sabesp ON (+4,82%).

A Sabesp figurou como uma das maiores altas do Ibovespa ao longo da manhã. O movimento é reflexo das boas notícias a respeito do plano de privatização da companhia, que pode ganhar impulso com as propostas de mudanças na medida provisória de reforma do saneamento básico que o governo apresentará hoje ao Congresso Nacional, conforme apurou o Valor.

A ideia é ajustar o texto original da MP 868, publicada em dezembro pelo ex-presidente Michel Temer, na tentativa de tornar mais equilibrada a concorrência entre empresas privadas e companhias públicas de água e esgoto.

Já a JBS teve a recomendação elevada para overweight (exposição acima da média do mercado) pelo Morgan Stanley.

Deixe um comentário