Análise de preço das principais criptomoedas em 31 de maio

LinkedIn

Michael Novogratz, fundador e CEO do banco mercantil de criptomoedas Galaxy Digital, acredita que a adoção de tecnologia blockchain por grandes empresas de tecnologia e o interesse de firmas de Wall Street ajudaram no começo do rali. Agora ele espera que o Bitcoin mantenha-se na faixa entre US$ 7.000 e US$ 10.000.

O Bitcoin teve uma disparada notável em 2019. Quando o preço está neste nível de valorização, não é provável que os proprietários gastem seus Bitcoins. Uma pesquisa da Chainalysis sugere que apenas 1,3% das transações econômicas em Bitcoin veio do comércio neste ano.

Considerando a alta volatilidade, Bart Smith, da Susquehanna, acredita que o investimento em Bitcoin é “certamente especulativo”. Porém, nós acreditamos que, com a estratégia correta, o risco na negociação em criptomoedas não é maior do que o comércio de ações ou qualquer outra classe de ativos tradicional. O que os gráficos projetam para as principais moedas? Vamos descobrir.

BTC/USD

O Bitcoin (BTC) disparou para acima de US$ 9.000 em 30 de maio, mas reverteu a tendência e caiu abaixo dos US$ 8.034,31 em apenas algumas horas. No momento, os touros tentam segurar os preços acima dos US$ 8.000. O movimento continua otimista, já que as médias móveis estão crescendo e o RSI está em território positivo. Mas a divergência negativa no RSI pede cautela.

BTC/USD

Se a paridade BTC/USD recuperar os atuais níveis e subir acima dos US$ 9.053,12, ela pode mirar na próxima resistência, em US$ 10.000. Por outro lado, se os ursos derrubarem o par abaixo da EMA de 20 dias, ela pode cair próxima ao suporte de US$ 7.413,46. A moeda digital perderá seu ímpeto se este suporte também quebrar.

Depois de preencher os requistos e chegar ao stop loss de nossa recomendação de negociação, vamos nos resguardar e evitar sugerir posições de curto prazo. Vamos aguardar um panorama de compra mais confiável antes de propor uma negociação.

ETH/USD

O Ethereum (ETH) disparou em 30 de maio e chegou à próxima zona de resistência de US$ 300 a US$ 322. Como esperado, a moeda rapidamente mudou a tendência e mergulhou para a EMA de 20 dias. Atualmente, os touros estão tentando manter o preço acima da MME de 20 dias. Se foram bem sucedidos, outra alta para a próxima zona de resistência é provável.

ETH/USD

Mesmo que as médias móveis estejam crescendo e o RSI esteja em território positivo, mas a tendência negativa do RSI é um aviso.

Uma quebra na EMA de 20 dias pode afundar a paridade ETH/USD até os US$ 225,39. Se o suporte quebrar, a queda pode se estender ao SMA de 50 dias. Não conseguimos ver um padrão otimista nos atuais níveis.

XRP/USD

O Ripple (XRP) tentou escalar a zona de resistência entre US$ 0,45 e US$ 0,47919 em 30 de maio, mas não conseguiu. O resultado foi uma pequena queda para o EMA de 20 dias. Atualmente, os touros tentam manter a moeda digital acima do EMA de 20 dias, que está em alta. Se conseguir, poderemos ver outra tentativa de empurrar o preço acima da zona de resistência e para o próximo objetivo de US$ 0,60.

XRP/USD

Por outro lado, se a paridade XRP/USD cair abaixo da EMA de 20 dias, ela pode cair para a zona de suporte de US$ 0,37835 e US$ 0,35660. Se essa zona ceder, pode ser um final de fim de recuperação. A partir daí, os negociantes podem manter o stop loss nas posições longas em US$ 0,35.

BCH/USD

O Bitcoin Cash (BCH) está em alta. Ele tem sido negociado acima da EMA de 20 dias e abaixo da zona de resistência do canal ascentende nos últios dias. Uma quebra do canail pode impulsioná-lo a US$ 638,99.

BCH/USD

O RSI formou uma grande diferença negativa, o que é um sinal pessimista. Se a paridade BCH/USD ceder abaixo do EMA de 20 dias, ela pode cair par a SMA de 50 dias. Abaixo desse suporte, é provável uma queda para a linha de base do canal. Vamos esperar um panorama de compra mais confiável antes de recomendar uma negociação.

EOS/USD

EOS chegou tanto ao nosso nível de compra proposto e quanto ao stop loss em algumas horas. Em seguida, mergulhou para o apoio de US $ 6.8299, quando as compras apareceram. Atualmente, os touros novamente pressionaram o preço acima do canal. A partir de agora, eles tentarão aumentar a resistência para chegar em US$ 8,4790. Acima deste nível, é possível uma subida para $ 9 e acima disso até $ 9.60.

EOS/USD

Ambas as médias móveis estão em alta e o RSI está no positivo. Isso quer dizer que os touros estão no comando. Nossa visão otimista será desmentida se a paridade EOS/USD mudar de direção e chegar a US$ 8.,4790 e, se ceder, até $6.8299.

LTC/USD

A disparada do Litecoin (LTC) parou em US$ 120,1518. Esperamos que os traders tenham fechado 50% das posições longas neste nível, como sugerimos em análise anterior. A tendência segue em alta, já que as médias móveis estão caindo e o RSI está no território positivo. Estamos atentos à diferência negativa na RSI.

LTC/USD

Uma falha ao defender o EMA de 20 dias vai iniciar uma correção mais profunda até os US$ 91. Se o suporte quebrar, o par LTC/USD vai para o negativo no curto prazo. A partir daí, os negociantes podem manter as paradas nas posições longas restantes em US$ 90.

Se o par se recuperar dos níveis atuais, ele pode subir para a zona de resistência de US$ 121,9018 – US$ 127,6180. Uma quebra desta zona aumentará a probabilidade de um rali atingir o objetivo de US$ 158.91.

BNB/USD

O Binance Coin (BNB) novamente caiu da zona de resistência em 30 de maio. Esta é a quinta vez que os touros falharam na tentativa de vencer esta barreira. Atualmente, a criptomoeda tenta manter-se acima da EMA de 20 dias. Se o preço rebater a EMA de 20 dias, um rali para a zona de resistência é provável. Se o ímpeto fizer a moeda digital atravessar a linha de resistência, a alta pode chegar a US$ 40 e acima disso até US$ 46,1645899.

BNB/USD

Outra possibilidade é a paridade BNB/USD entrar em um intervalo antes de iniciar o próximo movimento. Como a criptomoeda está em forte tendência de alta, sugeriremos uma posição de compraassim que identificarmos uma configuração de compra confiável.

Porém, que o par cair abaixo da EMA de 20 dias, ele pode cair para a SMA de 50 dias. Esse será um suporte crítico a observar, pois se ele quebrar, os ursos tomarão o comando.

BSV/USD

O Bitcoin SV (BSV) alcançou o oitavo lugar em termos de capitalização de mercado, depois de disparar em 29 de maio. Depois disso, veio um dia extremamente volátil em 30 de maio, quando ele chegou perto das máximas históricas e caiu para US$ 44,765, tudo em poucos. minutos. Posteriormente, o preço foi recuperado, e até o final do dia a perda foi limitada a 11,42%.

BSV/USD

Atualmente, o par BSV/USD encontra suporte perto dos 50% do nível de retração do rali recente, de US$ 85,338 a US$ 254. Se mantiver o suporte em US$ 169,669, os búfalos podem tentar quebrar as altas máximas após US$ 254,130 mais uma vez. Acima disso, o próximo alvo será US$ 307,789 e acima disso é US$ 340,248.

Por outro lado, uma quebra em US$ 169,669 pode afundar o par até US$ 149,767. Esse é um suporte importante, pois abaixo disso a moeda digital pode mergulhar até US$ 121,432. Um rally vertical é insustentável, portanto alguns dias de consolidação não podem ser descartados. A criptomoeda é muito volátil e o risco é muito alto, portanto, não sugeriremos uma negociação nele.

XLM/USD

O Stellar (XLM) disparou para uma alta no dia até US$ 0,15002523 em 30 de maio, mas rapidamente perdeu ganhos e mergulhou abaixo do nível crítico de US$ 0,14861760. Ela precisa fechar acima dos US$ 0,14861760 (horário UTC), para completar o padrão inverso e atingir o objetivo de US$ 0,22466773.

XLM/USD

Pelo lado negativo, os touros tentam defender o EMA de 20 dias. Ambas as médias móveis estão se achatando e o RSI está logo acima do ponto médio, o que aponta para uma consolidação no curto prazo. Se a paridade XLM/USDcair abaixo dos US$ 0,11507853, ela pode descer até US$ 0,08641170. Os traders podem esperar pelo fechamento acima de US$ 0,14861760 para iniciar a negociaçnao, como sugerido por uma análise anterior.

ADA/USD

O Cardano (ADA) quebrou a nova zona de resistência de US$ 0,094256 em 30 de maio, mas rapidamente perdeu os ganhos e caiu para a EMA de 20 dias. Como o preço não fechou (horário UTC) acima da zona de resistência, ele não chegou à posição de compra sugerida por uma análise anterior.

ADA/USD

Os touros tentam manter a paridade ADA/USD acima das médias móveis. Se conseguirem, podemos ver mais uma quebra e fechar (horário UTC) acima dos US$ 0,094256. O par irá completar uma rodada que tem o objetivo de $ 0,22466773. Os traders podem fechar posição acima de US$ 0,10 com um stop loss de US$ 0,0730. Nós não gostamos da divergência da baixa que se formou no RSI. Se o par cair abaixo de US$ 0,0731, pode descer para o próximo suporte em US$ 0,057898.

Por Rakesh Upadhyay
Veja o Ranking das principais criptomoedas

Deixe um comentário