Arsesp estabelece cronograma e diretrizes para revisão de estrutura tarifária da Sabesp

LinkedIn

A Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp) definiu cronograma e diretrizes para a revisão tarifária da Sabesp (BOV:SBSP3), conforme comunicado ao mercado da companhia paulista de saneamento básico no domingo.

O calendário estima envio da proposta da nova estrutura tarifária pela empresa contendo o plano de implantação até 6 de novembro, com uma decisão sobre a estrutura tarifária aprovada pela Arsesp prevista para ser conhecida até 29 de junho de 2020.

Entre as mudanças propostas pela agência regulatória estão maior detalhamento das tarifas de esgoto; substituição do mecanismo de consumo mínimo, com a criação de componentes fixos e variáveis para a tarifa; expansão da cobertura da tarifa social; e redefinição do padrão de faixa de consumo das tarifas.

Em nota a clientes, analistas do Itaú BBA destacaram que a nota da Arsesp aborda algumas discussões importantes na estrutura tarifária da Sabesp, que têm sido um dos mais importantes pontos de preocupação dos investidores.

Eles consideraram a notícia positiva para a companhia, “pois indica que o regulador está buscando soluções de problemas antigos que a empresa vem passando”. “À primeira vista, vemos a mudança potencial no padrão de faixa tarifária da empresa como um dos aprimoramentos mais relevantes para a empresa.”

Conheça o Telegram ADVFN e fique por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro. 

Deixe um comentário