Bovespa opera em queda e chega a cair para patamar de 90 mil pontos

LinkedIn

O principal indicador da bolsa paulista, o Ibovespa, opera em queda nesta quinta-feira (16), em meio à deterioração no clima político no país e cenário de atividade fraca, segundo a Reuters.

Às 13h33, o índice caía 0,5%, a 91.161 pontos. Mais cedo, recuou para 90.558 pontos. No dia anterior, o Ibovespa caiu 0,51%, aos 91.623 pontos – o menor patamar desde o começo de janeiro.

Destaques

Itaú Unibanco (ITUB4) caía 0,66% e Bradesco (BBDC4) recuava 0,77%, reflexo do sentimento mais negativo no país, com Banco do Brasil (BBAS3) cedendo 1,55%.

Petrobras (PETR4) rondava a estabilidade, com suporte da alta dos preços do petróleo no exterior. Vale (VALE3) ganhava perto de 0,5%, acompanhando papéis de mineradoras em pregões europeus.

Kroton (KROT3) e Embraer (EMBR3) lideravam as baixas, com recuo de mais de 4%. Na outra ponta, Marfrig (MRFG3) subia acima de 7%, após reverter prejuízo e fechar o primeiro trimestre com lucro líquido continuado de R$ 4 milhões, apoiada sobretudo em melhores preços nas operações da América do Norte.

Câmbio

O dólar opera em alta nesta quinta-feira (16), acima do patamar de R$ 4. Às 13h32, a moeda norte-americana subia 0,23%, vendida a R$ 4,0056. Na máxima da sessão, chegou a R$ 4,0261, maior cotação intradia desde 1º de outubro do ano passado (R$ 4,0629).

No dia anterior, a moeda norte-americana avançou 0,52%, a R$ 3,9966 – maior patamar de fechamento desde 1º de outubro (R$ 4,0174). Durante o pregão, chegou a bater R$ 4,02. No mês, a alta acumulada é de 1,93%, e no ano, de 3,16%.

Deixe um comentário