Via Varejo sobe mais de 3% com especulações sobre venda da companhia

LinkedIn

Investing.com – Nos primeiros negócios da manhã desta quarta-feira na bolsa paulista, as ações da Via Varejo (BOV:VVAR3) operam com forte valorização 3,40% a R$ 4,56, com o mercado repercutindo notícias sobre a venda da companhia. Uma das possibilidades seria um negócio com a Amazon, mas a hipótese foi descartada pelo Grupo Pão de Açúcar (BOV:PCAR4).

Em entrevista ao jornal francês Les Echos, Peter Estermann, presidente do GPA, negou que esteja negociando com a gigante americana de e-commerce. À publicação, o executivo disse que as negociações da Amazon são com o Casino na França e que não há nenhuma conversa sobre o Brasil.

O GPA está na busca de um comprador para a Via Varejo e o nome da Amazon já foi citado diversas vezes, mesmo com a negativa por parte do grupo brasileiro e do americano. Recentemente, a Amazon ampliou suas operações no Brasil.

No último dia 15, a Via Varejo divulgou que o acionista Michael Klein informou à companhia que está no processo de contratação dos serviços de assessoria financeira da XP para avaliar a aquisição em bolsa de valores de ações da varejista.

De acordo com comunicado ao mercado da empresa, Klein informou que “até o presente momento não há qualquer definição sobre a realização ou não dessa aquisição”.

A nota da Via Varejo vem após o jornal Valor Econômico publicar nesta semana que o empresário fez parceria com a XP Asset Management para comprar a rede de móveis e eletrodomésticos.

Ativos Reais que rendem de 15% a 20%. Até agora, essas chances eram restritas a investidores milionários e institucionais.

Deixe um comentário