Bitcoin em baixa. O que aconteceu?

LinkedIn

A primeira criptomoeda do mundo, o Bitcoin, parecia seguir uma tendência lateral após a baixa em 30 de maio. A desvalorização da moeda também causou o colapso de outras moedas importantes. O Bitcoin superou a resistência dos US$ 8.000 recentemente, e rapidamente atingiu a resistência dos US$ 9.000, para depois sofrer uma baixa que levou o preço para quase US$ 8.200.

A recente baixa se deu após uma desvalorização de incríveis 98% na exchange Kraken, a queda aconteceu exclusivamente na paridade CAD/BTC e fez o Bitcoin cair de $ 11.200 (CAD) para apenas $ 101 (CAD) em questão de minutos. O preço instantaneamente subiu de volta, deixando apenas um candle vermelho.

Isso despertou preocupações na comunidade de criptomoedas:

“Flash crash na @krakenfx illiquid #bitcoin despejo de 1150 BTC por 101 $ CAD ‍♂️

Uma discussão de discussão do Reddit sobre o flash crash ofereceu algumas explicações sobre por que a falha ocorreu, um usuário sugeriu que alguém enviou acidentalmente uma grande ordem de venda por um preço baixo:

CapturadeTela2019-06-03às12.15.44

 

A BitMEX foi a exchange que registrou o mairo número de transações através do par XBT/USD. A paridade teve um volume de negociação de US $ 3,01 bilhões. A BitMEX foi seguida pela Negocie Coins, que registrou um volume de negociação de US$ 1,83 bilhão via par BTC / BRL. O terceiro lugar foi ocupado pela Coinall, com um volume de US$ 727 milhões via par BTC / USDT. Atualmente o Bitcoin está sendo negociado por US$ 8.535

Veja o Ranking das principais criptomoedas

Deixe um comentário