Guedes indica Gustavo Montezano para presidência do BNDES no lugar de Levy

LinkedIn

O Ministério da Economia informou há pouco que encaminhou para a deliberação do Conselho de Administração do BNDES do nome de Gustavo Montezano, atual secretário-adjunto da Secretaria de Desestatização e Desinvestimento, para presidir a instituição. Ele substituirá Joaquim Levy, que assumiu no começo do ano e deixou o cargo no fim de semana, depois de ter sido criticado abertamente pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

Graduado em engenharia pelo Instituto Militar de Engenharia (IME) e Mestre em Finanças pelo Ibmec, Montezano tem 17 anos de carreira no mercado financeiro. Foi sócio do Banco Pactual, tendo atuado como diretor-executivo da área de commodities em Londres e anteriormente como responsável pela área de crédito, resseguros e “project finance”.

Na nota, o Ministério da Economia, que não se pronunciou sobre as declarações do presidente Bolsonaro contra Levy, agradeceu ao executivo “pela dedicação demonstrada enquanto presidente do BNDES”.

Deixe um comentário