Marfrig e BRF lideram ganhos do Ibovespa com avanço no processo de fusão

LinkedIn

Investing.com – Nos primeiros negócios da manhã desta quinta-feira na bolsa paulista, as ações da BRF (BOV:BRFS3) operam com forte valorização de 4,80% a R$ 28,18, enquanto que as da Marfrig (BOV:MRFG3) somam 5,56% a R$ 6,83. As companhias estão negociando uma possível fusão. Já os ativos da JBS (BOV:JBSS3) somam 0,23% a R$ 22,00.

O empresário Marcos Molina, maior acionista da Marfrig, mostrou confiança em relação a opção de venda de ações detida pelos minoritários da subsidiária americana National Beef, que não deve ser exercida em caso seja concretizado o negócio com a BRF. As informações são da edição desta quinta-feira do jornal Valor Econômico.

A cláusula faz parte de um contrato entre a Marfrig e os minoritários da National Beef firmado na ocasião de compra de controle da empresa americana, em 2018. Além de negociar diretamente com a Jefferies Financial, segundo maior acionista da National Beef, para convencer o investidor do potencial benéfico a longo prazo da eventual fusão, Molina o jornal informa que a Marfrig já tem um parecer do escritório de advocacia americano Linklaters dizendo que uma fusão com a BRF não dispararia essa cláusula, por interpretação do contrato.

Embargos

O governo brasileiro retirou embargo às exportações de carne bovina do país para a China, após uma suspensão temporária devido a um caso atípico da doença da vaca louca no Mato Grosso, afirmou a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, nesta quinta-feira em sua conta no Twitter.

“Voltaremos a emitir os certificados sanitários normalmente e continuar com nossas exportações para o país asiático”, disse a ministra em sua mensagem. Ela ressaltou que a decisão do ministério no começo do mês havia sido necessária para cumprir um protocolo bilateral acertado entre os países em 2015.

Deixe um comentário