Neoenergia fixa preço da ação em IPO em R$15,65; movimenta ao menos R$3,26 bi

LinkedIn

A elétrica Neoenergia precificou suas ações a R$ 15,65 em seu IPO, informaram nesta sexta-feira as empresas envolvidas, em uma operação que movimentou mais de R$ 3 bilhões.

A precificação das ações, que começam a ser negociadas em 1º de julho, ficou dentro da faixa indicativa de preço da operação, de R$ 14,42 a R$ 16,89 reais por ação.

A demanda total chegou a nove vezes o tamanho da oferta, disse uma fonte com conhecimento do assunto.

No processo, a espanhola Iberdrola vendeu R$ 29,7 milhões de ações; o BB Investimentos, 113,4 milhões de papéis; e a Previ, 64,9 milhões de títulos.

Dessa forma, a operação movimentou cerca de R$ 3,26 bilhões, disse a Neoenergia, sem considerar a venda de lotes suplementar e adicional, que podem ampliar o lote total vendido em até 35%, tendo como referência a oferta base.

A alienação da participação do BB Investimentos, empresa controlada do BB, equivalente a 9,35% das ações da Neoenergia, registrado a R$ 1,795 bilhão no BB em 31 de março de 2019, resultará em R$ 1,775 bilhão, disse a instituição bancária em nota.

“Estimamos que os impactos no resultado e no índice de Capital Principal serão residuais… A transação foi realizada com o objetivo de otimizar o valor dos investimentos estratégicos do conglomerado BB”, disse o banco em nota.

Deixe um comentário