BitMEX está sendo investigada pelos EUA

LinkedIn

A Commodity Futures and Trading Commission (CFTC) está investigando a BitMEX. Um relatório da Bloomberg afirma que uma das principais plataformas de negociação de criptomoedas é suspeita de disponibilizar ilegalmente negociações a cidadãos nos EUA.

O mercado de criptomoedas tem estado sob crescente suspeita nas últimas semanas e meses, principalmente devido ao anúncio do novo projeto Libra do Facebook, e às preocupações levantadas pelas autoridades dos EUA com relação ao seu potencial impacto.

O modelo de negócios da BitMEX, oferecendo o que é efetivamente uma plataforma de negociações onde os traders podem comprar contratos futuros de criptomoedas muitas vezes com enormes quantidades de alavancagem, tem sido criticado por muitos dentro da comunidade de criptomoedas, assim como Roubini. Agora, a empresa está enfrentando uma séria ação de um dos principais reguladores financeiros dos EUA, a CFTC.

A CFTC supervisiona a negociação de futuros nos EUA, e qualquer plataforma de criptomoedas que queira oferecer contratos de derivativos precisa obter sua aprovação. A agencia aprovou recentemente os futuros BTC das plataformas de negociação ErisX e LedgerX. Uma investigação que aparentemente vem sendo realizada há meses está tentando determinar a facilidade com que a BitMEX atende usuários americanos. Embora os endereços IP nos EUA sejam bloqueados pelo site, isso é facilmente ignorado pelo software VPN.

Um relatório divulgado em 2018 pelo Procurador Geral de Nova York insistiu que “as plataformas devem tomar medidas razoáveis ​​para desmascarar ou bloquear clientes que tentam acessar o site por meio de conexões VPN conhecidas”. Um porta-voz da BitMEX, que está registrada nas Seychelles, disse à Bloomberg que não poderia oferecer nenhum comentário sobre a investigação em andamento.

Veja o Ranking das principais criptomoedas

Deixe um comentário