Bom dia, Investidor! 01 de julho de 2019

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor! Com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Destaques corporativos

Magazine Luiza (MGLU3): A rede varejista Magazine Luiza estuda abrir lojas física da Netshoes, até hoje presente apenas na internet, segundo o jornal Valor Econômico. De acordo com o presidente da companhia, Frederico Trajano, a Netshoes, adquirida recentemente, após um leilão com a Centauro, deverá atingir o seu ponto de equilíbrio em um ano e meio.

Braskem (BRKM5): Os principais bancos estão dispostos a negociar com a Odebrecht uma solução para dispor “sem pressa’ das ações da Braskem que têm em alienação fiduciária, mas não abrem mão de que seja assegurado o direito aos papéis, informou o Valor. Bradesco, Banco do Brasil, Santander, BNDES e Itaú Unibanco têm R$ 14,5 bilhões em dívidas extraconcursais, que estão de fora do processo de recuperação judicial.

GPA (PCAR4): A varejista GPA aprovou a emissão de notas promissórias no montante de R$ 800 milhões. A operação se dará por meio da subsidiária Sendas.

Petrobras (PETR4): A Petrobras abriu seu leque de potenciais compradores para as duas oito refinarias, de acordo com os “teasers” (alertas de vendas) das quatro refinarias que compõem a primeira etapa do plano. Segundo o Valor, poderão participar do processo, aberto na última sexta-feira, tanto empresas do setor petrolífero, incluindo tradings, quanto investidores financeiros.

Itaú (ITUB4): O presidente do Itaú Unibanco, Candido Bracher, destacou em entrevista ao Estadão que a evolução tecnológica abriu o mercado financeiro para as fintechs, o que deixa o futuro dos bancos incerto. Segundo ele, o êxito não se dará por meio de um “produto matador”, mas pela transformação permanente.

Klabin (KLBN11): A Klabin informou que liquidou dívida do Programa de Parcelamento Fiscal (Refis) no montante de R$ 323 milhões. A Companhia aderiu ao REFIS em 2010, conforme Fato Relevante de 18 de fevereiro daquele ano.

Santander (SANB11): O Tribunal Superior do Trabalho (TST) decidiu reabrir um processo de R$ 5 bilhões contra o Santander, em relação à um processo que corre há 21 anos relativo ao Banespa e que está em fase final de execução. Segundo o Valor, o ministro do TST, Alexandre Belmonte, decidiu rever uma liminar foi concedida em abril favorável ao banco, em ação rescisória para tentar anular a vitória obtida por cerca de 8 mil aposentados.

BRF (BRFS3): A BRF recebeu uma oferta de US$ 350 milhões por seus ativos no Oriente Médio, informa o Valor, citando fontes. A decisão sobre a venda ainda não foi decidida, e que o processo ainda poderá se alongar. A Salic, gestora vinculada ao Reino da Arábia Saudita, desponta como uma das principais interessadas, aponta a publicação.

Recomendações de ativos

Linx (LINX3): A equipe de análise do Credit Suisse publicou relatório sobre a companhia, listando recomendação outperform (desempenho acima da média do mercado) para as ações, com preço-alvo de R$ 35,00.

Notícias

Boletim Focus:  Os analistas do mercado financeiro reduziram mais uma vez a previsão de crescimento da economia em 2019, segundo dados divulgados pelo Banco Central (BC) nesta segunda-feira (1). Os economistas também reduziram a previsão para a taxa de inflação deste ano.

De acordo com dados do relatório de mercado, conhecido como relatório “Focus”, a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2019 passou de 0,87% para 0,85%. Foi a 18ª semana seguida de corte na previsão de crescimento para o ano. Já a previsão da inflação passou de 3,82% para 3,80%.

Os analistas ouvidos pelo relatório Focus não mexeram na projeção da taxa de câmbio para o fim de 2019, que ficou estável em R$ 3,80 por dólar pela sexta semana consecutiva. A previsão do dólar para o fechamento de 2020 e 2021 também não foi alterada ficando em R$ 3,80 e R$ 3,84, respectivamente.

Commodities

Minério de ferro: Os preços do minério de ferro tiveram uma sessão de forte valorização nesta segunda-feira na bolsa de mercadorias da cidade chinesa de Dalian. O ativo teve alta de 4,74% a 873,00 iuanes por tonelada.

Dólar

O dólar opera em queda nesta segunda-feira (1). Às 9h08, a moeda norte-americana caía 025%, vendida a R$ 3,8292. Na sexta-feira (28), o dólar fechou em alta de 0,18%, vendido a R$ 3,8394. No semestre, a moeda norte-americana teve queda de 0,9% e, em junho, de 2,17%, refletindo as expectativas sobre a aprovação da reforma da Previdência no Brasil e o corte de juros nos Estados Unidos pelo Federal Reserve (Fed, banco central norte-americano).

Agenda econômica

■ Brasil

  • IPC-S semanal (junho) – FGV
  • Relatório Focus – Banco Central 
  • PMI Industrial mensal (junho) – Markit 
  • Balança comercial mensal (junho) – MinEconomia

■ Internacional

  • EUA – Taxa de desemprego mensal (maio)
  • EUA – PMI Industrial mensal (junho) – markit 
  • EUA – PMI Industrial mensal (junho) – ISM
  • EUA – Indice ISM de emprego no setor industrial mensal (junho) 
  • EUA – Gastos com construção mensal (maio) 
  • Alemanha – PMI Industrial mensal (junho)
  • Alemanha – Taxa de desemprego mensal (junho)
  • Reino Unido – PMI Industrial mensal (junho)
  • UE – PMI Industrial mensal (junho)
  • UE – Taxa de desemprego mensal (maio)
  • UE – Massa monetária M3 (BCE)

Deixe um comentário