Bom dia, Investidor! 11 de julho de 2019

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor! Com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Destaques corporativos

Petrobras (PETR4): A Petrobras deu início a fase não vinculante referente à venda integral de sua participação de 34% na Compañia MEGA, na Argentina, por meio de sua subsidiária integral Petrobras International Braspetro B.V. (“PIB BV”). Segundo a empresa, os habilitados para essa fase receberão instruções sobre o processo de desinvestimento, incluindo as orientações para elaboração e envio das propostas não vinculantes.

Light (LIGT3): A oferta subsequente da elétrica Light conta com uma demanda de 1,7 vez a oferta e o preço da ação deverá sair a R$ 18,09, segundo a Coluna do Broadcast, do Estadão. A oferta primária e secundária deverá atingir R$ 2,5 bilhões, considerando os lotes extras (suplementar e adicional).

Banco Inter (BIDI4): O Banco Inter divulgou sua prévia dos resultados operacionais do segundo trimestre, reportando um total de 2,5 milhões de correntistas, número 3,4 vezes superior ao do mesmo período do ano passado. Segundo a empresa, foram abertas 612 mil contas entre abril e junho, montante recorde e 3 vezes acima de igual intervalo de 2018.

IRB (IRBR3): A resseguradora IRB divulgou o prospecto do início da oferta pública de distribuição secundária de 83.978.450 ações ordinárias, das quais 47.520.213 são de titularidade da BB Seguros e 36.458.237 da União Federal, representada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Com base na cotação do fechamento de ontem das ações do IRB, em R$ 101,45, a oferta poderá movimentar mais de R$ 8,5 bilhões.

Energias do Brasil (ENBR3): A EDP divulgou sua prévia dos resultados operacionais do segundo trimestre com um volume de energia distribuída 2,5% superior no segundo trimestre na comparação com o mesmo período do ano passado. A distribuição em São Paulo subiu 0,8% e no Espírito Santo, 5,3%. No semestre, o volume de energia distribuída cresceu 3,8% de forma consolidada.

Ambev (ABEV3): De acordo com o jornal Valor Econômico, a primeira turma da Câmara Superior do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) adiou para agosto a conclusão de um processo contra a Ambev, que pode chegar aos R$ 5,5 bilhões – segundo informação da própria empresa.

Direcional (DIRR3): A Direcional informou que foram registados no segundo trimestre lançamentos recordes de incorporação, com um Valor Geral de Vendas (VGV) de R$ 562 milhões. Em 12 meses, o VGV atinge R$ 1,9 bilhão. Foram 11 empreendimentos lançados, dos quais 10 se inserem no MCMV e um no de média renda.

Banco Indusval (IDVL4): O Banco Indusval vai realizar uma emissão privada de letras financeiras de, no mínimo, R$ 55,2 milhões e, no máximo, de R$ 64,2 milhões. Segundo o comunicado enviado ao mercado, o acionista controlador Roberto de Rezende Barbosa, mediante exercício de preferência e por cessão dos acionistas Manoel Felix Cintra Neto, Luiz Masagão Ribeiro e Jair Ribeiro da Silva Neto, compromete-se a subscrever e integralizar o montante mínimo da operação.

Avianca Brasil: A Avianca Brasil levantou US$ 147,3 milhões (cerca de R$ 558 milhões) na última quarta-feira, 10, no leilão de seus ativos. O valor representa 20,6% de sua dívida de R$ 2,7 bilhões e ainda há risco de a Justiça anular o certame, impedindo a empresa de receber o dinheiro e pagar parte de seus credores.

Recomendação de ativos

Rumo: Em relatório, o Bradesco BBI optou por manter a recomendação de compra para as ações da Rumo (RAIL3), com preço-alvo de R$ 28,00 para o fim de 2020.

Notícias

Destaques da Reforma da Previdência serão votados nesta quinta: Dezenove destaques propostos pelas bancadas da Câmara serão votados nesta quinta, a partir das 9h. Ontem, o texto-base da Reforma da Previdência foi aprovado por 379 votos a favor e 131 contrários. Os deputados também rejeitaram destaque que pretendia retirar os professores da reforma. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmou que a conclusão da votação da reforma em segundo turno ocorrerá até, no máximo, sábado de manhã.

Guedes discute agenda para destravar economia: O ministro da Economia, Paulo Guedes, se reúne com seus secretários nesta quinta para discutir medidas para destravar a economia, segundo fonte próxima ao governo. Entre as propostas estão desde a desoneração de alguns setores até a aplicação de recursos oriundos das privatizações para estimular o Minha Casa Minha Vida. Outra ação seria a liberação de R$ 20 milhões do PIS/Pasep.

Commodities

Minério de ferro: A jornada desta quinta-feira foi mais uma vez marcada pela desvalorização dos contratos futuros do minério de ferro, que são negociados na bolsa de mercadorias da cidade chinesa de Dalian. O ativo teve perdas de 1,20% a 866,50 iuanes por tonelada.

Petróleo: Os Futuros do Petróleo subiram durante a sessão asiática na quinta-feira, com o contrato de futuros de referência do petróleo Brent reportando valorização de 0,50%, para US$ 60,73 por barril.

Ouro: Os futuros de Ouro subiram durante a sessão asiática na quinta-feira. Na divisão Comex da Bolsa Mercantil de Nova York, os contratos futuros de Ouro, com vencimento em Agosto, foram negociados na entrega a US$ 1.426,55 por onça troy no momento da escrita, subindo 0,99%.

Dólar

O dólar opera em queda nesta quinta-feira (11), após aprovação do texto-base da reforma da Previdência em 1º turno na Câmara. Às 9h12, a moeda norte-americana caía 0,43%, vendida a R$ 3,7406. Na mínima, o dólar ficou em R$ 3,7341. No dia anterior, a divisa dos Estados Unidos caiu 0,99%, a R$ 3,7563, menor valor desde fevereiro. O dólar turismo fechou em R$ 3,9071, queda de 1,32%.

Agenda econômica

■ Brasil

  • IPC semanal (julho) – Fipe 
  • Vendas no varejo mensal (maio) – IBGE
  • Vendas no varejo anual (maio) – IBGE 
  • Vendas no varejo ampliado mensal (maio) – IBGE
  • Vendas no varejo ampliado anual (maio) – IBGE

■ Internacional

  • Alemanha – IPC mensal (junho)
  • EUA – Pedidos iniciais por seguro-desemprego
  • EUA – Núcleo IPC mensal (junho)
  • EUA – Rendimento real mensal (junho)
  • EUA – Balanço orçamentário federal mensal (junho)

Termômetro B3

DESTAQUES VAR % FECHAMENTO
BTOW3  +7,51% R$ 39,21
IRBR3  +6,79% R$ 101,45
CVCB3  +6,56% R$ 52,30
SUZB3 -3,23% R$ 31,50
QUAL3  -1,60% R$ 23,40
BBAS3  -1,26% R$ 54,26

 

Deixe um comentário