Prepare-se! A volatilidade nem começou

LinkedIn

Mundo

Ontem o Ibovespa fechou a sessão com alta de 1,23% atingindo uma nova máxima histórica diante do otimismo com a reforma da Previdência, que foi comprovada mais a noite com a aprovação do texto-base.

Tal cenário poderá levar uma reação positiva para o dólar, junto com a colaboração do cenário externo.

Bolsas mundiais operam para cima nesta manhã. O mercado asiático fechou majoritariamente em alta, Europa no positivo e índices de Wall Street também.

O otimismo vem pelas falas do presidente do Fed, Jerome Powell, defendendo a ideia de que o Banco Central deverá avançar com o corte de 25 pontos base na taxa de juros.

Outro fator que pode começar a movimentar os mercados é o início da temporada de resultados corporativos. A Delta Air Lines deve divulgar seu lucros hoje e a partir do dia 16 a agenda externa de resultados corporativos passa a ser mais intensa.

Bandeira do Brasil

Brasil

Em nosso mercado local a agenda de resultados está prevista para começar dia 22.07, que também pode elevar o nível de volatilidade de cada papel da Bolsa. Portanto, prepare-se!

Hoje o mercado deve absorver as últimas notícias políticas e ficar atento ao ministro da Economia, Paulo Guedes, que deve se reunir com seus secretários para definições de medidas de estímulo à economia.

Na agenda econômica, o destaque fica por conta dos indicadores de atividade e para as vendas do varejo.

 

Ambiente Corporativo

Avianca arrecadou US$ 147,3 milhões em seu leilão de ativos. A Gol ficou com 3 lotes e a Latam com os outros dois.

IRB Brasil confirma que União e BB irão vender ações.

Dória diz que privatizar a Sabesp é a melhor opção.

Eletrobras informou que a controlada, Chesf, aprovou a incorporação da ETN.

Goldman Sachs retomou cobertura dos papéis da Petrobras com recomendação de compra e preço-alvo de R$ 41,90.

Tenha acesso a Agenda de Resultados Trimestrais

Deixe um comentário