Ágora vê Petrobras em R$ 38 no fim de 2020

LinkedIn

A Ágora Investimentos, corretora do Bradesco, atualizou o preço-alvo para as ações da Petrobras (BOV:PETR4) para R$ 38,00, ante R$ 37,00 estimados anteriormente. A recomendação para o papel é de compra, com um potencial de alta de mais de 50%. Segundo relatório assinado por Vicente Falanga e Ricardo França, foram analisadas dez variáveis para definir o novo valor, que incluem uma redução no preço do petróleo por conta da desaceração da economia global, custos de extração de petróleo e risco-Brasil.

Para a corretora, a recomendação de compra se justifica pois o preço da empresa ainda estaria abaixo dos pares internacionais. A empresa também deve continuar a cumprir uma agenda positiva em termos de vendas de ativos, crescimento da produção, redução da dívida e menor custo de capital.

Sobre a escolha entre ações preferenciais (PN, sem voto) e ordinárias (ON, com voto), a Ágora diz que o prêmio das ONs tem girado em torno de 13,5% nos últimos cinco anos, embora não devesse haver diferença de preço entre as duas classes de ações, pois a liquidez é parecida e os direitos de tag-along em caso de venda são os mesmos. A corretora diz que prefere as ON pois acredita que os dividendos serão iguais, ou quase, aos das PN devido aos ganhos de capital com a venda da participação na BR Distribuidora.

O BNDES também detém uma participação em PN que é 40% maior do que em ONs, e se ele vender, o excesso de PNs pode ser maior. Além disso, em caso de privatização (se acontecer algum dia), as ações ON e PN seriam unidas em uma só com direito a voto. E o governo poderia exigir um prêmio em sua posição em ON por perder o controle para o mercado ou para outro investidor.

Deixe um comentário