Bom dia, Investidor! 28 de agosto de 2019

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor! Com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Destaques corporativos

Oi (BOV:OIBR3)(BOV:OIBR4): Em meio às tentativas de recuperação das operações da Oi, duas alternativas vêm sendo discutidas, segundo o jornal O Globo. Uma é a venda total para um novo investidor ou o fatiamento em operações regionais. Segundo a publicação, entre os interessados estariam Vivo, Claro, TIM, além da americana AT&T e empresas chinesas de telecomunicação.

Cemig (BOV:CMIG4): A aprovação pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais da privatização da Cemig pode levar no “máximo” seis meses, afirmou o presidente da companhia, Cledorvino Belini, durante participação em evento na bolsa de Nova York. Segundo a Reuters, ele acrescentou que o Estado necessita de meio ano para convencer os deputados sobre a venda do controle.

Petrobras (BOV:PETR3)(BOV:PETR4): De acordo com o jornal Valor Econômico, a Petrobras pretende trabalhar com metas “mais desafiadoras” de redução de custos em 2020, de acordo com a diretora Andreia de Almeida. A executiva afirmou que a empresa se prepara para o aumento da concorrência no mercado de refino e que busca retomar o selo de grau de investimento das agências de classificação de risco.

BR Distribuidora (BOV:BRDT3): A BR Distribuidora fará a eleição de novos nomes para o conselho de administração no dia 18 de setembro. Segundo a empresa, os candidatos indicados pelos acionistas com mais de 1% de participação têm perfis complementares e aderentes aos desafios que se apresentam nesta nova etapa.

JBS (BOV:JBSS3): A JBS informou que a Pilgrim´s Pride Corporation, sua controlada, fechou a compra da Tulip Company, líder na produção de carne suína e alimentos preparados com operações no Reino Unido, em uma transação avaliando a Tulip em £290 milhões (ou aproximadamente US$354 milhões).

Lojas Marisa (BOV:AMAR3): A Marisa aprovou a emissão de R$ 175 milhões em notas promissórias. O primeiro vencimento será em 23 de janeiro e da última em 25 de julho.

Banese (BOV:BGIP3): O Banco do Estado de Sergipe (Banese) informa que recebeu do seu controlador, o governo do Estado, manifestando “interesse na realização de oferta pública envolvendo parte das ações de sua propriedade”, podendo “abranger 45% das ações ordinárias e 40% das preferenciais”.

Banco BMG: O Banco BMG informou que tem avaliado alternativas de captação de recursos no mercado de capitais, incluindo uma oferta pública inicial de ações preferenciais de sua emissão, “estando avaliando, para tanto, engajar determinadas instituições financeiras locais e internacionais para atuarem como coordenadores da potencial oferta”.

Recomendação de ativos

Engie Brasil (BOV:EGIE3): Os analistas do Banco Safra retomaram a cobertura dos papeis da Engie Brasil, com um preço-alvo de R$ 48 e recomendação outperform (desempenho acima da média do mercado), o mesmo que compra.

Notícias

População: A população brasileira foi estimada em 210,1 milhões de habitantes em 5.570 municípios, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A estimativa com o total de habitantes dos estados e dos municípios se refere a 1° de julho de 2019 e foi publicada no “Diário Oficial da União” desta quarta-feira (28).

O número representa um aumento de 0,79% na comparação com a população estimada do ano passado. Em 2018, o IBGE estimou um total de 208,5 milhões pessoas.

O estado de Roraima teve o maior aumento populacional, de 5,1%. Ano passado, a população estimada lá era de 576,5 mil habitantes, e este ano chegou a 605,7 mil — mais 29,1 mil pessoas.

Dólar

O dólar opera em queda nesta quarta-feira (28), em sessão marcada pela atuação do Banco Central, um dia depois de a autoridade monetária ter atuado no mercado com venda de dólar pela primeira vez desde 2009. Às 9h20, a moeda norte-americana caía 0,11%, vendida a R$ 4,1528.

Na véspera, a moeda norte-americana encerrou o dia em alta de 0,5%, vendida a R$ 4,1575. Na máxima do pregão, chegou a ser vendida a R$ 4,1923, a maior cotação do ano durante os negócios. No entanto, a alta perdeu força após atuação do Banco Central para conter a valorização, com um leilão adicional de dólares à vista, com taxa de corte de R$ 4,1250.

Commodities

Minério de ferro: A sessão desta quarta-feira foi marcada por uma nova queda nos preços dos contratos futuros do minério de ferro, que são negociados na bolsa de mercadorias da cidade chinesa de Dalian. O ativo encerrou a jornada com desvalorização de 0,84% a 588,00 iuanes por tonelada.

Petróleo: Os Futuros do Petróleo caíram durante a sessão asiática. Na bolsa mercantil de Nova York, os contratos futuros do petróleo, com vencimento em Outubro, foram negociados na entrega a US$ 55,50 por barril no momento da escrita, recuando 1,04%.

Ouro: Os contratos futuros do Ouro caíram durante a sessão asiática. Na divisão Comex da Bolsa Mercantil de Nova York, os contratos de referência do Ouro, com vencimento em dezembro, encerraram a jornada a US$ 1.545,15 por onça troy, recuando 0,43%.

Agenda econômica

■ Indicadores Nacionais

  • Indice de preços ao produtor mensal (julho) – IBGE
  • Dívida pública federal (julho) – Tesouro Nacional 
  • Fluxo cambial semanal – Banco Central
  • Estoque de crédito mensal (julho) – Banco Central
  • Taxa de inadimplência do crédito livre (julho) – Banco Central

■ Indicadores Internacionais

  • EUA – Pedidos de hipotecas (agosto) – MBA
  • EUA – Estoques de petróleo (agosto)

Termômetro B3

DESTAQUES VAR %  FECHAMENTO (R$)
VVAR3  +5,71% R$ 6,85
NATU3  +4,20% R$ 63,04
RENT3  +4,17% R$ 44,70
ELET6 -3,42% R$ 30,20
ELET3  -2,53% R$ 42,69
YDUQ3  -2,04% R$ 30,20

 

Deixe um comentário