Focus: mercado melhora projeção para PIB, vê dólar mais alto e inflação menor

LinkedIn

Os participantes do mercado financeiro promoveram pequenas mudanças nas projeções para a economia na semana passada, conforme pesquisa feita pelo Banco Central (BC) e divulgada no boletim Focus. A mediana para o crescimento do PIB em 2019 passou de 0,81% para 0,83% e, para 2020, de 2,10% para 2,20%, mostrando um ligeiro otimismo maior, mas ainda com números fracos para o país reverter o grande número de desempregados.

No dólar, a alta da moeda na semana passada, em meio à preocupação com a guerra comercial e com a crise na Argentina, levou os analistas também a elevar um pouco as estimativas para a moeda americana. A mediana das expectativas para o fim deste ano avançou de R$ 3,75 para R$ 3,78 e, para o fim de 2020, de R$ 3,80 para R$ 3,81.

Já as perspectivas para a inflação seguiram em baixa, com a projeção para o IPCA, usado pelo Banco Central em suas metas de inflação, caindo de 3,76% para 3,71% em 2019 e permanecendo em 3,90% para 2020. No curto prazo, a previsão para o IPCA de agosto passou de 0,18% para 0,19% e, para setembro, manteve-se em 0,20%.

As projeções para o juro básico Selic ficaram estáveis, em 5,00% para o fim deste ano e 5,50% no fim de 2020, subindo para 7% apenas no fim de 2021. O mercado espera nova queda de 0,5 ponto percentual do juro em setembro e para 5,25% em outubro.

Deixe um comentário