Petrobras é a mais lucrativa do 2º tri/19; lucros sobem 73% em relação a 2º tri/18

LinkedIn

Investing.com – A Petrobras (BOV:PETR4) foi a empresa que obteve o maior lucro na temporada de balanço do segundo trimestre, com um lucro líquido de R$ 18,8 bilhões, de acordo com levantamento realizado pela Economatica e divulgado nesta sexta-feira.

A consultoria fez um balanço sobre a temporada de balanço do segundo trimestre de 2019, que se encerrou nesta semana. O levantamento aponta que o lucro líquido de 306 empresas brasileiras listadas na bolsa de valores somaram R$ 71,5 bilhões no período, alta de 73,4% em relação ao mesmo período do ano passado, quando as empresas de capital aberto acumularam lucro líquido de R$ 41,2 bilhões.

Após a Petrobras, ItauUnibanco e o Bradesco obtiveram os maiores ganhos do período. O Itau obteve um lucro líquido de R$ 6,8 bilhões, enquanto o Bradesco teve ganhos líquidos de R$ 6 bilhões. Os três maiores ganhos obtiveram aumento de lucratividade comparado ao mesmo período do ano passado.

Na outra ponta, a Oi foi a empresa com maior prejuízo nesta safra de balanços. A empresa de telecomunicação obteve um perdas líquidas de R$ 1,5 bilhão, acima do R$ 1,2 bilhão do mesmo período do ano passado.

Carrefour Brasil e Renova completaram o top 3 de empresas no negativo. A varejista saiu de um lucro líquido de R$ 389 mil no 2º trimestre de 2018 para um prejuízo de R$ 494 mil neste ano, enquanto a elétrica aprofundou as perdas, de R$ 125 mil para R$ 426 mil.

Números por setor

Entre os 26 setores analisados, apenas dois registraram prejuízo – construção e mineração -, número menor em relação ao 2º trimestre de 2018, quando sete setores ficaram no negativo.

Entretanto, 9 setores apresentaram queda da lucratividade no segundo trimestre de 2019 com relação ao mesmo período do ano passado. O setor varejista teve a maior queda nominal, de R$ 1,39 bilhão para R$ 605,6 milhões, enquanto o setor de mineração teve a maior queda percentual, que registrou prejuízo de R$ 459 milhões contra lucro de R$ 272 milhões no ano passado.

Por outro lado, Óleo & Gás foi o setor com maior crescimento nominal do lucro entre o segundo trimestre deste ano contra o do ano passado. Neste ano, os ganhos líquidos do setor foi de R$ 20,3 bilhões, contra R$ 11 bilhões do ano passado.

Deixe um comentário