Coluna do TradingView: Momento do Mercado

LinkedIn

Trump atrasa as tarifas contra a China e índices mundiais performam alta. Dólar recua e Ibovespa avança. Confira os estudos dos analistas do TradingView.

Aurelio Lima

Oi ON – (BOV:OIBR3)

Mesmo com a votação favorável a PLC 79/2016 nesta quarta-feira (11 de setembro) não houve um volume interessante de negociações para retornar a consolidação anterior entre 1,40/1,60.

Uma visão otimista para OIBR3, seria retomar os valores de (1,40/1,60), ou seja 14% de valorização Setembro/Dezembro mantendo o preço na região de briga de fibo (61.8 e 50), e após fevereiro de 2020 (expectativa de caixa da empresa) superar o canal e retomar o movimento de alta no mensal mantendo o preço acima dos 1,80.

Como estamos falando de uma análise do gráfico semanal, podemos testar novamente os valores de 0,9 e 1,00 antes de retomar o movimento, mas isto depende das próximas votações que devemos ficar de olho.

AL

Levi Figueiredo

Índice Bovespa (BOV:IBOV)

Quanto ao principal Índice da bolsa o Ibovespa, acaba de finalizar alvo de OCOi (oco invertido).
Será que rompeu a LTB?

Vejamos o seguinte, no gráfico:

  • mensal: No mês de Julho, tocamos na LTA do canal de alta ;
  • semanal: Tentativa de ganho da resistência aproximada dos 104mil pontos ;
  • diário: Estrela cadente (09 Set), Martelo Invertido (10 Set) e formação de NOVA Estrela Cadente (11 Set);

Dentro de uma região de forte resistência, nosso índice tende a ter novas baixas frente ao Dolar Americano.

FII

Paulo Tedesco

Índice Bovespa (BOV:IBOV)

Ibov testa resistência na faixa doas 104.175 pontos e forma uma estrela cadente. O benchmark está bem esticado, com as médias e HiloActivator comprados. O afastamento da MME20 também é grande o que pode motivar correção baixista. (veja o gráfico dinâmico).

PC

Kleber Shimabuku

Petrobras PN (BOV:PETR4)

PETR4 está neste momento na retração do movimento de baixa que ocorrera previamente. Olhando para cima, temos ainda a região dos 27,36 (próxima nível de fibonacci) e depois ainda um possível novo teste de topo na região dos 28,35.

E para um primeiro momento, somente se houver um grande rompimento da região dos 29,45 é que podemos ter esperanças de altas mais relevantes para o papel. (veja o gráfico dinâmico).

ST

Disclaimer: Análises aqui são apenas estudos. Não são recomendações de investimento, nem de compra nem de venda. Tampouco refletem a opinião do veículo de mídia no qual estão sendo vinculadas. São estudos direcionados a pessoas com conhecimento e experiência no mercado. Se você não tem experiência, não opere. E se tiver experiência, não opere também.

Nossos Autores:

Aurelio Lima – É analista de ações nacionais. Acompanhe suas análises no TradingView.

Levi Figueiredo – É analista de ações nacionais, índices e commodities. Acompanhe suas análises no TradingView.

Paulo C. Tedesco – Paulo Cesar Cano Ramirez, trader atuante em vários mercados. pctedesco.blogspot.com.

Kleber Shimabuku – Desenvolvedor de sistemas, trader de ações, opções e futuros. https://shimatrader.com.br

Deixe um comentário